INTERNET

PROTESTE relança velocímetro que mede a velocidade da Internet fixa

Convergência Digital* ... 12/07/2017 ... Convergência Digital

A  PROTESTE – Associação de Consumidores – retomou a campanha "Velocímetro" com o intuito de ajudar aos internautas a saberem quanto da velocidade contratada elas realmente estão recebendo e quantos reais estão perdendo. A ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) acompanha mensalmente 14 indicadores de qualidade do serviço de Internet fixa no país.

De acordo com a entidade, a análise dessas informações demonstra a baixa qualidade do serviço prestado pelas empresas e a falta de interesse, incentivos e punições adequadas para uma significativa melhoria para os seus clientes. Um resultado geral que ilustra bem essa estagnação é o percentual de indicadores cujas metas foram atingidas. Esse percentual quase sempre esteve abaixo dos 70%, e quando passou disso foi por muito pouco e não durou muito. Nos três primeiros meses de 2017 apenas 65,6% das metas de qualidade foram cumpridas pelas companhias, resultado inferior aos 67,9% de 2014. Ou seja, a situação piorou em vez de melhorar.

De acordo com os resultados da pesquisa de satisfação realizada, com 3.464 pessoas, pela PROTESTE, 40% das pessoas entrevistadas disseram receber menos velocidade, de Internet fixa, do que a contratada. Diante desse resultado a Associação criou a campanha do Velocímetro, para que as pessoas que estão sendo prejudicadas recebam a velocidade contratada e passem a pagar apenas por aquilo que estão recebendo.

O teste, por meio do Velocímetro, precisa ser feito com o computador conectado diretamente no cabo – não pode ser via Wi-Fi, porque o sinal tem uma perda inerente à tecnologia. As informações ficarão gravadas no site da PROTESTE e é necessário que essa medição seja feita, preferencialmente, todos os dias, por pelo menos 30 dias. Após a medição, a ferramenta informará qual é a velocidade da Internet e, ainda, se for o caso, calculará a perda do consumidor em reais.

Dessa forma, e com o apoio do registro mensal, o consumidor poderá avaliar se houve divergência entre a velocidade contratada e a que realmente foi recebida. De acordo com a ANATEL, a velocidade média mensal não pode ser inferior a 80% do plano contratado. Com essas informações a PROTESTE poderá reivindicar, junto às empresas e ao governo, providências e reparações. Para que isso seja possível basta entrar no site www.proteste.org.br/velocimetro, preencher as informações e fazer a medição continuamente. Caso o consumidor queira saber mais informações sobre a campanha, basta entrar em contato com a PROTESTE através do número 0800-282-2208.


PL de Dados Pessoais tem de olhar para as pequenas e médias empresas

Equilíbrio deve ser a palavra-chave da legislação de forma a assegurar o desenvolvimento tecnológico. "Não temos só as grandes companhias", adverte Ciro Freitas, advogado da Pinheiro Neto.

Economia digital: 'Sem dados, regulamentação fica muito emocional'

A afirmação é do professor da FGV e ex-conselheiro e superintendente-geral do CADE, Carlos Ragazzo. Segundo ele, falta uma discussão estruturada sobre a regulamentação de novas tecnologias no país.

BRFibra: ISPs fazem o trabalho das operadoras, mas faltam backbones e sistemas DWDM

"Ter a fibra óptica no acesso não é tudo. Precisamos ter condições de distribuir as informações", observa o José Paulo Linné, presidente da BRFibra Telecomunicações.

Em 12 meses, internet fixa ganhou 1,5 milhão de novas conexões

A alta foi de 5,92% no período. Brasil tem 28,1 milhões de acessos ativos a internet fixa. Provedores Internet responderam por 66% dessas novas conexões.

PEC inclui acesso à Internet entre os direitos fundamentais

Medida, aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal, será analisada por uma Comissão Especial a ser criada. Irá ainda a Plenário para votação.

Revista Abranet 22 . set/nov 2017
Veja a Revista Abranet nº 22 Reforma trabalhista: impactos para os ISPs. Conheça o novo cenário e saiba o que muda para as empresas de Internet. E mais: Os robôs chegaram pra valer; A incerteza dos 450 MHz; TIC Educação: o papel dos provedores.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G