Home - Convergência Digital

Coleta de dados por hackers não reduz interesse em IoT

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 22/03/2018

Uma pesquisa feita pela empresa de segurança ESET, no mês de fevereiro, na Améria Latina, sobre o uso de Internet das Coisas nas residências revela que 75,3% das pessoas ficam preocupadas com o fato de um dispositivo inteligente coletar informações sobre seus gostos, preferências e rotinas. Mais do que isso: 96,47% acreditam que suas informações correm o risco de ser acessadas por cibercriminosos.

O estudo também aponta que 40,7% dos entrevistados acreditam que os fabricantes de devices de Internet das Coisas não levam a segurança em consideração na hora de criar os dispositivos. E a confiança em IoT está em baixa: 62,8% das pessoas acreditam que os dispositivos IoT podem roubar informações.

Porém há um dado muito interessante: 61% dos entrevistados disseram que não deixariam de comprar um dispositivo de IoT por conta da falta de segurança. Essa afirmação bate com os dados contabilizados da adoção de segurança por parte do próprio usuário. Mais da metade dos entrevistados - 51,2% - disseram que não têm qualquer solução de segurança nos seus roteadores. E 20% nem sabiam que havia soluções de segurança para os roteadores.

Com relação às senhas do roteador, apenas 12% revelaram trocar uma vez por ano; 23% quando acontece algum incidente reportado na mídia. Somente 22,3% dos entrevistados disseram trocar a senha mensalmente.

*Com informações da ESET

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/03/2019
Mais de 400 mil ataques DDoS por meio de IoT aconteceram no 1º trimestre

19/03/2019
Chapecó, em SC, é a primeira cidade com rede própria de IoT da Vivo

19/03/2019
BNDES elege três municípios para serem transformados, via IoT, em cidades inteligentes

18/03/2019
TIM ativa rede NB-IoT com alcance de 100 Km em Goianésia, interior de Goiás

15/03/2019
Internet das Coisas é prioridade e vai muito além da oferta de conectividade

12/03/2019
Plano Nacional de Internet das Coisas precisa sair da retranca

27/02/2019
Com cobrança do Fistel, Anatel diz que IoT não acontece no Brasil

06/02/2019
IDC: Empresas brasileiras fazem mais do que falam sobre Internet das Coisas

04/02/2019
Por defesa cibernética, governo terá requisitos para Internet das coisas

31/01/2019
Ericsson quer massificar aplicações móveis de IoT

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site