Convergência Digital - Home

VMware: fusão dos negócios com a Dell pode causar ruído forte no mercado

Convergência Digital
Ana Paula Lobo, de Las Vegas - 01/05/2018

Ao responder pergunta feita pelo Portal Convergência Digital sobre os rumores de uma fusão efetiva entre a VMware e a Dell, o CEO da VMWare foi taxativo: "Não há dúvida que VMware e Dell juntas são o melhor que podemos projetar, mas nesse momento não prevejo uma fusão efetiva entre elas, até por conta da reação do mercado, dos nossos parceiros como HP, IBM e Palo Alto Networks, entre outros", declarou Pat Gelsinger, nesta terça-feira, 01/05, durante entrevista à imprensa no Dell Technologies World 2018, que acontece em Las Vegas.

Nesta segunda-feira, 30/04, o CEO e Chairman da Dell, Michael Dell, fugiu da questão ao ser indagado sobre essa possível fusão das empresas. A VMware é uma empresa da Dell, foi comprada no pacote da aquisição da EMC por US$ 67 bilhões, em outubro de 2015, mas não foi incorporada à Dell tal foi a EMC e mantém estrutura separada, inclusive com ações na Bolsa de Valores, ao contrário da sua controladora que fechou o capital.

Mas é fato: o Dell Technologies World 2018 evidenciou que o caminho da Dell para se manter no topo de computação em nuvem é o de usar a VMware cada vez mais integrada ao seu portfólio de produtos  e soluções. E como Michael Dell já tinha dito no seu Keynote, o software reina também em cloud. A principal aposta agora da VMware é a VMware NSX, uma plataforma para ser a 'rede virtualizada de cloud para nuvens privadas, híbridas ou públicas'.  A Microsoft com a Azurze, por exemplo, será uma usuária da tecnologia para assegurar mais performance e segurança. Já são parceiros, IBM e AWS.

Dentro do cenário projetado por Michael Dell no qual o software é o rei das aplicações, a plataforma VMware NSX aposta no software presente em todas as camadas do data center como forma de proteger os dados, independentemente de onde eles residam. A proteção dada vai do centro do data center até a aplicação no consumidor. A VMware NSX adota Inteligência Artificial e Machine Learning para assegurar elasticidade e flexibilidade às aplicações.

Na prática, a plataforma VMware NSX oferece:

Integração do VMware NSX SD-WAN com o VMware NSX Data Center e o VMware NSX Cloud
Suporte do NSX Cloud para aplicativos em execução no Microsoft Azure
Suporte ao NSX Data Center para aplicativos nativos em nuvem e nativos em container
Otimizações de desempenho de rede de operadoras / NFV e de rede para cargas de trabalho distribuídas no NSX Data Center

Para a IDC, como as empresas optam por executar mais aplicativos em nuvens públicas, os parâmetros do datacenter estão sendo redesenhados. "Em termos práticos, o datacenter - onde residem aplicativos e dados - não é mais exclusivamente uma entidade local”, afirmou Brad Casemore, vice-presidente de pesquisa da IDC, ao comentar o lançamento da VMware.


PowerEdge MX - Conteúdo Patrocinado Dell EMC - Convergência Digital
Dell: fornecedor tem o papel de habilitar a transformação digital

A nova linha de servidores precisa ser a base do equilíbrio entre as aplicações do futuro e o legado das empresas para assegurar escala e preservar o investimento, observa o vice-Presidente Sênior e Gerente Geral da Dell EMC Brasil, Luis Gonçalves.


Destaques
Destaques

Via Varejo elege containers para integrar operações online e física

Com 60 anos de história, a Via Varejo opera as marcas Casas Bahia, Ponto Frio, Extra.com e Bartira. Exatamente por essa cultura tradicional e pela complexidade de sua estrutura, qualquer grande mudança é uma tarefa bastante difícil.

Banco Votorantim faz jornada digital com containers e open source

Em busca de mais agilidade e qualidade nas suas entregas, a instituição financeira envolveu mais de 20 profissionais na mudança de arquitetura de tecnologia da informação.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.

Dados são os dividendos dos tempos atuais

Por Wilson Grava*

Cada vez mais, precisamos ser capazes de analisar e reagir rapidamente aos dados criados. Os últimos dois anos foram responsáveis pela geração de 90% dos dados existentes no mundo.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site