GESTÃO

Ceará avança com PPPs para ser um hub nacional de TICs

Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos ... 16/11/2018 ... Convergência Digital

O Ceará quer ser um estado 100% digital nos próximos cinco anos e para isso está criando uma série de medidas para se tornar também um hub nacional de TICs, revela o secretário de Planejamento do Ceará, Francisco Queiroz Maia Jr. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o XI Seminário TelComp 2018, realizado no dia 13 de novembro, em São Paulo, Maia Jr. disse que o Ceará quer dar um salto na gestão pública.

"A tecnologia será o vetor para nos permitir dar esse protagonismo nacional na gestão pública. Temos o equilíbrio fiscal como garantia para os investimentos e estamos apostando muito na formação de capital humano. Na prática, o Estado precisa entregar mais serviços para a população, especialmente, na saúde, segurança e educação", observa o secretário de planejamento do governo cearense. Para ser um hub nacional de tecnologia, o Ceará está transformando a ETICE, empresa estatal de TI, em uma companhia de economia mista e voltada a ser uma integradora de serviços.

"Foi assim que viabilizamos as PPPs (Parcerias Público-Privadas). Hoje temos uma rede de fibra óptica que alcança 113 dos 134 municípios do Estado. Muito dessa capilaridade veio de termos feitos acordos de compartilhamento e swaps com as operadoras competitivas e provedores Internet, uma vez que as teles deixaram muitos municípios desassistidos". Maia Jr. conta à CDTV os planos para a atração de novas empresas para o Ceará e os planos do Estado. Assistam a entrevista.


Carreira
Unisys abre 90 vagas no Brasil. São 200 na América Latina

A maioria das posições está dedicada para as áreas técnicas. Há também vagas para cargos efetivos nas áreas de gestão de ativos, redes, infraestrutura, suporte a sistemas, gestão de mudanças e incidentes e digital workplace.

Assespro: Governo tem a obrigação de assumir papel de indutor da TICs

No Congresso Nacional, onde tomou posse como novo presidente da entidade, Ítalo Nogueira, cobrou respeito aos contratos e às empresas nacionais. “O setor de TI é crucial”, afirmou.

eSocial: está aberto ambiente de testes para eventos de segurança e saúde do Trabalho

Primeiras empresas a terem de enviar os eventos de segurança e saúde no trabalho (SST) são as grandes, com faturamento superior a R$ 78 milhões, a partir de julho.

Serpro: decisão do TST não resulta 'em condenação pecuniária ou prejuízo'

Estatal diz que a decisão proferida no Mandado de Segurança, julgado pelo Tribunal, discutia apenas "a legalidade da determinação de penhora de créditos para garantia do juízo".

eSocial: Receita faz advertência às empresas do grupo fora do Simples

Fisco adverte aos empregadores do grupo 2, aqueles com faturamento entre R4 4,8 milhões e R$ 78 milhões, sem serem optantes do Simples, para o cumprimento da quata fase: a substituição da GFIP para recolhimento de Contribuições Previdenciárias referente a competência de abril/2019




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G