NEGÓCIOS

Investimentos em TI em 2019 devem ultrapassar R$ 200 bilhões no Brasil

Convergência Digital* ... 02/04/2019 ... Convergência Digital

A expectativa de crescimento para os investimentos em TI no Brasil para 2019 é de 10,5%, ainda impulsionada pela venda de dispositivos, contra uma expectativa de crescimento médio mundial de 4,9%. É o Brasil voltando a crescer o dobro da média mundial, como ocorria até 2013. Para TICs espera-se um crescimento mais moderado, da ordem de 4,9%, de acordo com a préevia do estudo "Mercado Brasileiro de Software e Serviços", da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) com IDC, divulgada durante o jantar de posse da nova diretoria executiva da associação, ocorrido no dia 1º de abril, em São Paulo.

O levantamento mostra que o Brasil se mantém em 9º lugar no ranking mundial de investimentos em TI. Mostra ainda que os investimentos em TI (software, hardware e serviços) no Brasil superaram as expectativas para 2018, chegando a US$ 47 bilhões, um crescimento de 9,8% em relação a 2017, mais que o dobro da previsão para o ano, que foi de 4,1%. Desse valor, US$23,9 bilhões (51,3%) são referentes a investimentos em hardware, US$12,2 bilhões (26,2%) a serviços e US$10,5 bilhões (22,5%) a software.

"Com um crescimento de 9,8%, o Brasil superou a média mundial de investimentos em TI em 2018, que foi de 6,7%. Esses dados mostram que uma tímida recuperação da Economia observada em 2018, aliada a expectativa de uma recuperação mais vigorosa à partir de 2019, trouxeram uma retomada dos investimentos em tecnologia que superaram a expectativa, comprovando a importância do Setor para que as empresas possam buscar mais produtividade, eficiência e competitividade", comenta Jorge Sukarie, vice-presidente do Conselho da ABES, que apresentou o estudo durante o jantar que empossou Rodolfo Fücher, sócio fundador da FEMP Participações, como o novo Presidente da ABES e Paulo Milliet Roque, Diretor da Autoridade Certificadora Digiforte, como o vice-Presidente da entidade.

Na ocasião, também foram empossados os novos membros da diretoria executiva para os próximos três anos: Vanda Scartezini, sócia-sênior da Polo Consultores Associados, Presidente da DNS Women Institute e Presidente do Conselho da Fundação Sitec; Fábio Rua, diretor de Assuntos Governamentais e Regulatórios da IBM América Latina; e Lauro de Lauro, Cloud Guru Sênior na Sky.One Cloud Solutions.

Mercado mundial de TI

Os números preliminares do estudo, que deve ser publicado na íntegra no segundo semestre de 2019, indicam que a somatória dos investimentos em TI, em 2018, entre os países analisados, chegou a US$2,23 trilhões, um valor 6,7% maior que o ano anterior. Os Estados Unidos lideram o ranking mundial com US$ 822 bilhões, seguidos por China e Japão com US$250 bilhões e US$140 bilhões, respectivamente.

Na América Latina, o Brasil se manteve em primeiro lugar no ranking regional, responsável por 42,8% dos investimentos em TI, mais que o dobro registrado pelo México (20%), que ficou em segundo lugar, seguido por Argentina (7,5%) e Colômbia (7,1%). A região investiu US$108,8 bilhões no mercado de TI em 2018, representando quase 11% do total mundial.

Em relação ao investimento em TIC, que inclui TI e Telecom, o Brasil desceu uma posição, ficando em 7º lugar no ranking mundial, com US$ 97 bilhões investidos, seguindo uma tendência de ligeira retração dos últimos anos desse setor, muito relacionada à transição de voz para dados dos consumidores. Neste quesito, o Brasil ficou ainda à frente da Índia (US$86 bilhões) e logo depois da França (US$109 bilhões).

*Com informações da ABES



Cloud Computing
Universidade de Nova York escolhe empresa brasileira para projeto de nuvem

Plataforma desenvolvida pela Radix garante segurança de informações confidenciais e é usada por diferentes agências norte-americanas para abrigar mais de 50 bases de dados confidenciais, em todos os níveis do governo dos Estados Unidos.

NVIDIA: Inteligência Artificial exige mais profissionais no Brasil

Inteligência Artificial é o mercado mais promissor para novos negócios, revela o gerente de desenvolvimento da área Enterprise da NVIDIA, Marcio Aguiar. No Brasil, a NVIDIA adota a estratégia de abrir suas APIs para o desenvolvimento e pesquisa.

Assespro Paraná será um agente de crédito para empresas de TI

Entidade poderá intermediar de R$ 20 mil a R$ 1,5 milhão. Empresas com faturamento entre R$ 360 mil a R$ 16 milhões podem se candidatar aos recursos.

Blockchain vira um vale de desilusão nas corporações

A advertência é feita pelo Gartner, uma vez que os gestores admitem que  boa parte dos projetos não consegue ir além da fase inicial de experimentação. A consultoria elenca sete erros cometidos pelas empresas, entre eles acreditar que exista um padrão de interoperabilidade e que a tecnologia está pronta para o uso.

Rakuten: não há lugar para todos na guerra das maquininhas

A maior concorrência entre os fornecedores beneficia lojistas e consumidores, afirma o CEO e presidente da Rakuten no Brasil, René Abe. Com a LGPD chegando, empresa recomenda a atualização imediata das plataformas para evitar, entre outros, o roubo de dados pessoais.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G