Convergência Digital - Home

Ataques cibernéticos e IA levam VMware a comprar Carbon Black

Convergência Digital
Convergência Digital* - 29/08/2019

A VMware foi às compras e anunciou a aquisição da Carbon Black em uma transação de US$ 26 por ação, representando um valor de US$ 2,1 bilhões. Após o fechamento do acordo, a VMware poderá fornecer uma nuvem de segurança para a proteção das cargas de trabalho e os clientes corporativos por meio de big data, análise comportamental e inteligência artificial.

A Carbon Black conta com mais de 5.600 clientes e 500 parceiros em todo o mundo. A plataforma de segurança nativa na nuvem da empresa aproveita a análise de dados e de comportamentos para fornecer proteção abrangente aos terminais até mesmo contra os ataques cibernéticos mais avançados. A combinação das soluções da Carbon Black com as ofertas de segurança da VMware, incluindo AppDefense, Workspace ONE, NSX e SecureState, criará uma plataforma moderna de nuvem de segurança para qualquer aplicação, sendo executada em qualquer nuvem e em qualquer dispositivo. Essa junção fornecerá aos clientes detecção avançada de ameaças e uma análise aprofundada sobre o comportamento das aplicações, impedindo ataques sofisticados e acelerando as respostas.

A distribuição e o alcance empresarial da VMware e da Dell acelerarão ainda mais a adoção de Carbon Black nas empresas, tanto por meio da venda direta quanto por meio de parceiros, incluindo os principais players de serviços gerenciados de segurança, parceiros e integradores de sistemas.

"O setor de segurança está quebrado e ineficaz com muitas soluções fragmentadas e sem uma arquitetura de plataforma coesa. Ao trazer o Carbon Black para a família VMware, estamos dando um enorme passo à frente em segurança e fornecendo uma plataforma de nível corporativo para administrar e proteger cargas de trabalho, aplicações e redes", disse Pat Gelsinger, CEO da VMware.

Detalhes da transação

Sob os termos da transação, que é estruturada mediante uma contrapartida em dinheiro, os acionistas da Carbon Black que licitarem (e não retirarem adequadamente) suas ações na empresa, receberão US$ 26 por ação, representando um valor de US$ 2,1 bilhões. Espera-se que a transação seja financiada por meio de dinheiro no balanço patrimonial e pelo acesso à capacidade de contração de empréstimos de curto prazo. O fechamento da transação está previsto para a segunda metade do ano fiscal 2020 da VMware, que se encerra em 31 de janeiro de 2020, e está sujeito às condições habituais, incluindo a aquisição pela VMware da maior parte das ações da Carbon Black e a expiração ou rescisão do período de espera exigido sob o Ato de Melhorias Antitruste Hart-Scott-Rodino, de 1976, conforme alterado, entre outros.


Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Destaques
Destaques

Eneva investe R$ 3 milhões para unir gás à energia com a IA ALINE

Software, que utiliza algoritmos de machine learning, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Tecgraf da PUC/Rio e está sendo testado no Maranhão. Próxima etapa é um projeto de pesquisa com foco na integração da produção do gás onshore com a geração de energia, o que significa usar IA em um projeto 100% conectado.

Armazenamento por serviço: um mercado em alta com privacidade de dados

IDC prevê que, em 2023, o mundo terá 11,7 ZB de dados armazenados, em comparação aos 5,0 ZB, apurados em 2018.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site