SEGURANÇA

MP investiga o que pode ser maior vazamento de dados do Brasil

Convergência Digital* ... 04/09/2019 ... Convergência Digital

Menos de um ano para a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - e ainda sem uma definição clara sobre a Autoridade de Proteção de Dados Pessoais - os vazamentos de informações seguem mobilizando o Judiciário. Nesta terça-feira, 03/09, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio da Unidade Especial de Proteção de Dados Pessoais e Inteligência Artificial (Espec), instaurou Inquérito Civil Público (ICP) para apurar responsabilidades pelo suposto vazamento de dados pessoais dos clientes do Banco Pan.

No inquérito, o MPDFT aponta que uma provável vulnerabilidade na ferramenta de armazenamento de dados em nuvem, utilizada pela instituição financeira, expôs indevidamente 245 gigabytes, o que corresponde a 1.235.151 arquivos de documentos relacionados a clientes do Banco.O MPDFT obteve vasta documentação que inclui digitalizações de documentos pessoais como carteiras de identidade, carteiras de habilitação, comprovantes de residência, CPFs, cartões de crédito, contratos de financiamento, solicitações de saque e extratos bancários, dentre outros.

O MPDFT acredita que este poderá ser o maior incidente de segurança envolvendo dados financeiros no Brasil. Os anteriores envolveram, entre outros, o Banco Inter, que teve de pagar R$ 1,5 milhão por vazamento de dados de 19 mil clientes e a NetShoes, comprada pela Magazine Luisa, que pagou R$ 500 mil pelos dados vazados de dois milhões de clientes, ação, inclusive, que acelerou a sua venda.

Fonte: Assessoria do MPDFT


Zoom é isca em 99% dos ataques com ferramentas de ensino online

Segundo levantamento das empresas de segurança Kaspersky, em todo o mundo invasões desse tipo cresceram 20.000%. Brasil é o quinto país mais atacado. 

Ataques de phising crescem 600% na AL. Netflix é o alvo dos hackers

Campanha em nome da OTT se distribui por meio de um e-mail com o assunto "Alerta de notificação". A mensagem informa sobre uma suposta dívida acumulada em nome da vítima que pode levar à suspensão do serviço caso não sejam tomadas medidas rápidas.

Brasil sofreu mais de 2,6 bilhões de ataques cibernéticos no 1º semestre

Configuração incorreta de servidores é o principal responsável pela maior parte das tentativas de invasão, reporta estudo da Fortinet. Cai o número de tentativas de golpes usando a Covid-19.

Prejuízo médio com violação de dados sobe para R$ 5,8 milhões no Brasil

Estudo da IBM mostra que o aumento no valor foi de 10,5% em relação a 2019. O levantamento traz uma advertência: aumentou o prazo para contenção do vazamento nas empresas para 115 dias. Credenciais roubadas ou nuvens com configurações incorretas foram as brechas para as invasões.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G