SEGURANÇA

Sociedade Brasileira de Computação deve checar código fonte da urna

Convergência Digital* ... 14/06/2018 ... Convergência Digital

O Tribunal Superior Eleitoral vai convidar a Sociedade Brasileira de Computação para ampliar a parceria firmada por acordo de cooperação de forma que a entidade participe da verificação do código-fonte da urna eletrônica no processo eleitoral deste 2018.

Segundo o TSE, o tema foi discutido entre o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, e o presidente da SBC, Lisandro Granville, para discutir de que modo os pesquisadores da entidade poderão contribuir com a fase de verificação. De acordo com o secretário, a ideia é aproveitar a parceria já firmada entre as duas instituições por meio de um acordo de cooperação já assinado em agosto de 2017. O compromisso firmado tem duração de 60 meses.

Embora o acordo não tenha previsto nenhum plano de trabalho, o diretor do TSE avalia ser importante aproveitar a oportunidade em que a legislação obriga o TSE a disponibilizar os códigos-fonte que serão utilizados nas eleições 2018. Ele lembrou que a SBC teve atuação destacada durante os Testes Públicos de Segurança realizados pelo tribunal em 2017. Todas as necessidades de ajustes e sugestões da SBC foram acatadas e implementadas pela Corte Eleitoral.

Já o presidente da SBC mostrou interesse em ampliar a parceria, destacando a necessidade de tornar a verificação dos códigos-fonte viável e atrativa. Segundo ele, isso faria com que pesquisadores contribuíssem de modo mais efetivo, inclusive a partir da publicação de resultados e da certeza de que suas contribuições seriam aproveitadas.

* Com informações do TSE


Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.

PF caça quadrilha que teria vazado dados do presidente Bolsonaro e de mais de 200 mil servidores

Ação policial acontece nos Estados do Rio Grande do  Sul e Ceará. Organização teria invadido sistemas de universidades, prefeituras e câmaras de veradores.

Para Idec, ação comprova que Metrô de SP não garante segurança de reconhecimento facial

Segundo entidade, que move processo contra o Metrô, empresa falhou em não realizar estudo para implantar a tecnologia. 

Bancos querem prisão por até 18 anos para cibercriminosos

Instituições financeiras pedem a aprovação urgente do PL 2638, apresentado na Câmara, pelo deputado Marcelo Ramos, PR/AM, que impõe punição rigorosa às fraudes cibernéticas. "A impunidade é um incentivo", diz Adriano Volpini, do Itaú-Unibanco.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G