INOVAÇÃO

AWS vira aceleradora virtual de projetos voltados à educação no Brasil

Ana Paula Lobo ... 27/06/2019 ... Convergência Digital

Durante o AWS Summit Brasil, que aconteceu nesta quinta-feira, 27/06, em São Paulo, a Amazon Web Services (AWS) anunciou o desembarque no Brasil - e pela primeira vez na América Latina - do AWS EdStart, um programa acelerador de startups focadas em tecnologia educacional (EdTech). Com dois anos de atividade, o programa, revela o country manager para o setor público da AWS no Brasil, Paulo Cunha, já investiu, mundialmente, US$ 2 milhões e teve demanda de mais de 300 empresas. No começo de junho, conforme antecipou o Convergência Digital, a AWS fechou um acordo com o SENAI para a formaçaõ de 2,5 milhões de jovens em tecnologia.

"Tenho a convicção que essa iniciativa é voltada para institutos de pesquisas, para universitários com projetos voltados à educação. Não precisam ser direcionados à tecnologia. Mas têm de ter como objetivo fomentar a educação e observo: todo conteúdo disponibilizado está em português", explicou Cunha. Focado em tecnologias inovadoras de ensino e aprendizado, o AWS EdStart ajuda startups em fase inicial a captarem os recursos e profissionais necessários para o crescimento e desenvolvimento de seus negócios.

O executivo da AWS ressaltou que a educação tem a transformação digital como anseio e é crucial levar novas ferramentas para a sala de aula e, dela, criar novos negócios educacionais prontos para capacitar os brasileiros. Paulo Cunha explicou ainda que as empresas elegíveis para participação no programa são novas, crescendo rapidamente e tem menos de cinco anos de presença de mercado e uma receita anual menor que US$ 10 milhões.

"A maior parte das empresas desse porte no mundo morre com menos de cinco anos e no Brasil não é diferente. É isso que queremos evitar", ressalta. Um diferencial do projeto, conta ainda Paulo Cunha, é a sua objetividade. Segundo o country manager da AWS para o setor público, foi montado um comitê brasileiro para analisar as propostas apresentadas e estipulado um SLA de 12 dias úteis para se ter uma resposta. "É para fazer acontecer mesmo", completa o executivo.

Principais benefícios

Créditos da AWS -  criados para ajudar a atender os custos operacionais associados a serviços em nuvem. Os clientes podem usar esses créditos como ajuda para começar a operar e a escalar.

Treinamentos técnicos - como membro do AWS EdStart, uma startup tem acesso a várias oportunidades de treinamento técnico para apoiar a consolidação da empresa. Os recursos incluem webcasts, sessões de treinamento técnico e apresentações especializadas realizadas por parceiros.

Mentoria - o programa incentiva a colaboração e a conversação entre líderes setoriais experientes e startups de tecnologia educacional. A mentoria também promove meetups, Pitch Days e recepções para os membros da comunidade.

Para mais informações sobre o EdStart, acesse o link: https://aws.amazon.com/pt/education/edstart/




Cloud Computing
Consumo alto de energia desafia o futuro dos data centers

Coma maior demanda por novas tecnologias e da própria virtualização, os data centers têm de perseguir o equilíbrio entre a eficiência e os custos, aponta um estudo da Huawei para o setor até 2025.

Aceleradora busca start-ups e projetos no setor de Cannabis no Brasil

The Green Hub realiza o Cannabis Thinking, para fomentar o desenvolvimento de projetos criativos. Em março, acontecerá o Demo Day.

BC contrata Dinamo Networks e faz acontecer o pagamento instantâneo

Autoridade Monetária selecionou a fornecedora brasileira para comprar 22 HSMs, voltados à segurança das transações por R$ 1,350 milhão. Todo o software usado é desenvolvido no Brasil. Nova infraestrutura pode ser a pá de cal nos cartões de débito, TEDs e DOCs.

Oi Futuro e Sebrae lançam edital de aceleração para empreendedores

Startups terão acesso a espaço de coworking e poderão ganhar prêmios de até R$ 25 mil. Iniciativa terá seis meses de duração e reúne mentorias, consultorias e workshops.

boostLAB, do BTG Pactual, abre espaço para ERPs, big data e Edtechs

A quarta edição do programa superou a marca de 260 empresas inscritas. Para o Batch #5 serão selecionadas de cinco a dez startups para seguirem no programa durante cinco meses. Inscrições abrem nesta quinta-feira, 05/12.

STJ valida sistema 'mailbox' e confirma patente por 20 anos

​A Terceira Turma do STJ, por unanimidade, estabeleceu em 20 anos o prazo de vigência de patente concedida pelo sistema mailbox, contado a partir da data do depósito do pedido pelo interessado.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G