Home - Convergência Digital

Embratel: IoT será ferramenta de produtividade para os bancos

Convergência Digital - Carreira
Por Carmen Nery e Pedro Costa - 18/06/2019

É irreversível o uso da Internet das Coisas pelos bancos, segundo o diretor de IoT e M2M da Embratel, Eduardo Polidoro. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o CIAB Febraban 2019, que aconteceu de 11 a 13 de junho, em São Paulo, o executivo sustentou que IoT tem muito a agregar aos negócios da vertical financeira.

Como exemplo, ele citou o agronegócio, dependente de financiamentos agrícolas e para o qual há soluções que reduzem os riscos de recebíveis por meio do uso da tecnologia. “Aplicações para o agronegócio são algumas das soluções que estamos divulgando, mas há várias outras aplicações, como score de risco e sistemas antifraudes. O IoT pode ajudar muito o setor financeiro, de forma geral, a ganhar produtividade", resumiu Polidoro.

A Embratel, acrescentou ainda o executivo, prepara a sua rede para a oferta massiva de aplicações de IoT. Polidoro ressaltou que a empresa dispõe de múltiplas tecnologias de conectividade IoT como NB-IoT e LTE-M Cat M1, ambas totalmente dedicadas à IoT e que não concorrem em consumo com a rede massiva de telefonia.

"Estamos muito bem preparados tanto na área de conectividade quanto de data analytics, datacenter e hosting em cloud", afirmou. Quanto a uma eventual dificuldade apontada pelos bancos na relação com as operadoras de telecomunicações, Polidoro disse que a Embratel construiu suas soluções baseadas em APIs abertas que podem ser consumidas pelos bancos ou qualquer outro agente do setor financeiro.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/02/2020
Conexão das coisas será quase a metade dos acessos à Internet no Brasil em 2023

14/02/2020
É urgente fazer software inteligentes para avançar Internet das Coisas no Brasil

10/02/2020
Bosch usa o Tinbot, robô brasileiro, para ampliar negócios em IoT

31/01/2020
Financiamento para IoT no BNDES recebe propostas até o dia 07

22/01/2020
Vivo chega a 10 milhões de dispositivos conectados à IoT

16/01/2020
Rede de IoT da American Tower atinge 220 cidades

07/01/2020
O carro será uma Internet das Coisas

18/12/2019
Fazendas da Atto Sementes contratam 4G e IoT da Vivo

18/12/2019
Qualcomm e BNDES lançam fundo para IoT já aderente à nova Lei de Informática

13/12/2019
TIM fecha acordo global com Nokia por IoT corporativa

Destaques
Destaques

Governo do Brasil ainda avalia restringir Huawei na implantação do 5G

MCTIC estuda a publicação de um novo Decreto, ou em forma de Portaria, com normas para cibersegurança específicas para o setor de telecomunicações. A estratégia Nacional de Segurança Cibernética, recém-lançada pelo Governo, tratou - de forma genérica- o tema 5G.

5G exigirá uso de requisitos mínimos de Segurança Cibernética

Tecnologia é apontada como 'uma revolução na comunicação de dados, no potencial de emprego de equipamentos de Internet das Coisas e na prestação de novos e disruptivos serviços".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site