Convergência Digital - Home

Startup nacional adapta robôs com IA para o combate ao coronavírus

Convergência Digital
Convergência Digital* - 14/04/2020

As mais recentes tecnologias de Big Data, Analytics, IA e Robótica têm sido fundamentais para o combate à Covid-19 em nível mundial, seja em espaços de grande circulação de pessoas como aeroportos, metrôs e centrais de trens, entre outros, como em hospitais, UTIs e unidades de isolamento de pacientes em monitoramento ou com resultado positivo para o vírus.

O Brasil também conta com tecnologias dotadas de Inteligência Artificial capazes de ajudar no controle e combate a doenças e no bem-estar dos pacientes. Segundo André Araújo, CEO da XRobô, primeira startup brasileira especializada em aplicações para robôs de atendimento, a tecnologia robótica está em constante evolução e configura-se quase que diariamente como importante aliada da área da saúde em tempos de coronavírus ou outras emergências e situações médicas.

“Há robôs que possuem telas, sensores, câmeras e bateria de alta capacidade. Se embarcados com aplicações especificamente customizadas para o setor de saúde, são capazes de monitorar pacientes 24 horas por dia, sete dias por semana, registrando atividades e a evolução dos doentes para ajudar médicos e equipes hospitalares a cumprir protocolos de forma rápida, prática e segura”, afirma o executivo.

De acordo com Araújo, inúmeros modelos robóticos e tecnologias disruptivas passarão a ser utilizados com maior frequência devido à urgência do momento. No caso dos robôs, há ainda uma gama de possibilidades que vai além, o que inclui desde a atuação de humanoides como agentes de disseminação de informação em salas de espera de consultórios, clínicas e hospitais ou como provedores de entretenimento e interação para pacientes em isolamento hospitalar – ajudando, inclusive, a amenizar os efeitos colaterais do confinamento, como ansiedade e depressão.

O diretor da XRobô informa que no Brasil já há robôs com aplicações customizadas em diferentes setores corporativos, como nas redes hoteleira e de varejo, mas em tais casos a interação ainda é circunscrita ao estabelecimento e ao ato de recepcionar o público e prestar informações ao cliente.

"A ampliação em nível mundial do uso de robôs na área médico-hospitalar, em especial – neste momento – para o combate à Covid-19 em procedimentos de higienização, limpeza e cuidados interativos com pacientes, trará maior profundidade à relação homem-máquina, trazendo o futuro para o presente e integrando a tecnologia, a transformação digital e a realidade robótica ao nosso cotidiano, com novos e excitantes benefícios à sociedade", completa o executivo.


Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Destaques
Destaques

Eneva investe R$ 3 milhões para unir gás à energia com a IA ALINE

Software, que utiliza algoritmos de machine learning, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Tecgraf da PUC/Rio e está sendo testado no Maranhão. Próxima etapa é um projeto de pesquisa com foco na integração da produção do gás onshore com a geração de energia, o que significa usar IA em um projeto 100% conectado.

Armazenamento por serviço: um mercado em alta com privacidade de dados

IDC prevê que, em 2023, o mundo terá 11,7 ZB de dados armazenados, em comparação aos 5,0 ZB, apurados em 2018.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site