Home - Convergência Digital

Ecossistema do 5G já conta com 33 aparelhos em fabricação

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 14/05/2019

Um relatório da associação de fornecedores móveis globais (GSA na sigla em inglês) indica que já existem 33 aparelhos compatíveis com redes 5G em fabricação pelo mundo, sendo 12 deles smartphones, mas numa lista que também inclui hotspots, dongles ou adaptadores, CPEs internos ou externos, além de terminais USB.

“O relatório identificou 19 fornecedores que confirmaram a disponibilidade de equipamentos 5G, sendo 33 deles oficialmente anunciados, além de variações regionais. A GSA também confirma que já foram anunciados, ou já estão disponíveis, chipsets 5G de cinco fornecedores: Huawei, Intel, Mediatek, Qualcomm e Samsung.

Os 12 celulares 5G foram anunciados por fornecedores como ZTE, Xiaomi, Vivo, Samsung, TCL, Sony, Oppo, OnePlus, Nubia, LG e Huawei. Dongles 5G e adaptadores foram indicados por Dogee e pela Motorola. Equipamentos para hotspots estão sendo lançados pela HTC, Huawei, Inseego, Netgear e WNC.

Fabricantes de equipamentos como roteadores também incluem CPEs (customer premises equipments) 5G, como D-Link, Huawei, Inseego, Nokia e Samsung, no caso de dispositivos internos. No caso dos cinco fornecedores de chipsets, 18 dos equipamentos 5G anunciados usam chips da americana Qualcomm.

“Embora testes de 5G tenham usado protótipos, serviços comerciais exigem equipamentos comerciais. Consequentemente, esse ecossistema começou a emergir rapidamente a partir das primeiras, ainda que limitadas, operações comerciais de 5G. Com mais serviços começando a ser ofertados em 2019, a expectativa é de que o ecossistema de equipamentos cresça rapidamente”, diz a GSA.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/08/2019
5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

18/08/2019
Trump é pressionado e anuncia novo prazo para a Huawei atuar nos EUA

14/08/2019
MCTIC convoca reunião para tratar de interferência do 5G nas antenas parabólicas

14/08/2019
5G e Internet das Coisas são prioridades para os países do BRICS

10/08/2019
Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

09/08/2019
Huawei diz considerar instalar uma fábrica em São Paulo

08/08/2019
Leilão 5G: Empresas menores pedem lotes regionais de espectro

08/08/2019
Bloqueio à Huawei impacta venda de smartphones. Mercado só recupera com 5G

30/07/2019
GSMA acusa órgãos dos EUA de espalhar 'desinformação' sobre 5G em ondas milimétricas

30/07/2019
Tencent e Qualcomm negociam chips para jogos em 5G

Destaques
Destaques

Escassez de talentos e complexidade travam projetos de Internet das Coisas

Estudo global mostra ainda que quase 30% das provas de conceito falham por conta de implementação cara e da falta de profissionais capacitados. A segurança segue sendo desafiadora.

TIM supera rivais em disponibilidade e latência 4G. Claro lidera em velocidade de download

Relatório da OpenSignal mostra que a disponibilidade do sinal 4G melhorou no Brasil com o uso da faixa de 700 Mhz.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site