Convergência Digital - Home

Amazon prepara rede privada de LTE na nuvem na faixa de 3,5 GHz

Convergência Digital
Convergência Digital - 29/11/2018

A Amazon anunciou que prepara, em parceria, uma oferta de rede privada LTE em 3,5 GHz baseada em nuvem, em um movimento que indica a busca de posicionamento no nascente mercado com essa frequência e voltado a aplicações de internet das coisas.

Desenvolvido em colaboração com Athonet, Federated Wireless e Ruckus Networks, o serviço se vale da faixa compartilhada de 3,5 GHz nos Estados Unidos e é destinado a aplicações industriais de IoT em vigilância em tempo real, medidores inteligentes e monitoramento de segurança.

A solução usa o controle de espectro da Federated Wireless, pontos de acesso indoor da Ruckus e core de rede móvel da Athonet, além da plataforma de nuvem para internet das coisas da própria Amazon.

“Essa parceria representa um saldo em redes privadas móveis ao combinar a plataforma líder de nuvem com novas soluções de conectividade sem fio para permitir que todos os desenvolvedores criem o próximo serviço transformador”, disse a Federated Wireless em blog.

O interesse na faixa de 3,5 GHz nos Estados Unidos cresce na antecipação das esperadas ofertas comerciais nessa fatia do espectro, a começar pelas grandes empresas do mercado americano como AT&T, Verizon, Comcast, Charter e Altice, todas já em fase de testes.


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Nuvem pública é usada no Brasil para back-up de dados e fluxos locais

A terceira edição da pesquisa Global Data Protection Index, encomendada pela Dell Technologies, mostra ainda que mais de 70% das empresas de médio e grande porte registraram incidentes com dados no Brasil, com um prejuízo médio de R$ 1,5 milhão.

Edge computing vai avançar 226% nos próximos cinco anos

Levantamento global da Vertiv mostra que o edge comuputing ganha papel estratégico no ecossistema de data centers pelo incremento do processamento de dados perto do ponto de uso.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site