Convergência Digital - Home

Vivo fecha contrato de SD-WAN com franquia do McDonald's

Convergência Digital
Da redação - 04/09/2019

A Vivo Empresas – segmento B2B da Telefônica Brasil – fechou um contrato de cinco anos com a Arcos Dorados - maior franquia McDonald's do mundo e operadora da marca na América Latina e Caribe.

A operadora será responsável por toda infraestrutura de conectividade MPLS às unidades próprias da franqueadora no país no conceito SD-WAN (abreviação de Software Defined Wide Area Networking ou Rede de Área Ampla Definida por Software em tradução livre), e fornecimento de solução Wi-Fi customizada aos clientes dos restaurantes. Trata-se de um dos principais contratos corporativos da empresa no ano, com ativação de cerca de 580 sites do parceiro.

Com a oferta de uma rede com tecnologia SD-WAN, a Vivo oferecerá, em uma única plataforma, soluções de gestão e segurança de links próprios e de terceiros. Desta forma, o cliente passa a ter controle centralizado de sua rede, independentemente do número de links ou fornecedores contratados, simplificando a gestão. A Vivo passa a monitorar o desempenho de todos os links com fornecimentos de relatórios em tempo real.

Também será responsável por garantir conexão Wi-Fi Guest com segurança, o que melhora a experiência dos clientes da rede de restaurantes. “O McDonald’s sempre esteve atento às demandas de seus clientes e à implementação de iniciativas inovadoras que proporcionem experiências positivas às mais de 2 milhões de pessoas atendidas todos os dias”, declara Renata Zepelini, Diretora de Tecnologia do McDonald's Brasil. O valor do contrato não foi revelado pelas partes.

 


Recrutadores e a dura tarefa de contratar cientistas de dados

O maior gargalo é encontrar profissionais adequados às demandas das empresas e o Brasil, hoje, é um exportador de talentos para outros países.

Destaques
Destaques

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Estatal de TI não revela o montante a ser pago, mas diz que contrato será de 24 meses e inclui capacitação técnica dos funcionários, no modelo de serviços por demanda. Propostas devem ser enviadas até o dia 20 de julho.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site