INOVAÇÃO

Eu sou a Glória e fui criada para combater a violência contra as mulheres

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 25/04/2019 ... Convergência Digital

A cada duas horas morre uma mulher no Brasil por conta da violência. A cada dois minutos, a Lei Maria da Penha é acionada e a cada nove minutos, uma menina é estuprada. Os dados são assustadores e a tecnologia está sendo usada como ferramenta para combater a violência. No Brasscom TecFórum, a professora Cristina Castro-Lucas apresentou a Glória, uma plataforma de Inteligência Artificial, criada por empresas brasileiras, que tem a missão de ouvir e atender as pessoas violentadas.

"A Gloria foi criada em dezembro. Ainda estamos aprendendo muito, mas o nosso desafio é tirar o viés de análise de qualquer procura feita por uma pessoa atingida pela violência. Queremos chegar a 20 milhões de atendimento até o final do ano, mas isso é apenas 10% da população. Queremos mais e mais. A Glória não tem dono. Ela é voltada à transformação social", explica em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, a professora Cristina Castro-Lucas, que apresentou a Glória no Brasscom TecFórum.

A plataforma Glória terá a missão ainda de gerar dados para o governo e entidades voltadas ao combate à violência contra mulheres. A iniciativa reuniu cinco empresas:  Ink Inspira, a Seedin, a Qubo, a BlockForce e a Free Free, todas startups e voltadas à análise de dados e blockchain. Para expandir a ferramenta, a professora Cristina Castro-Lucas diz que vai abrir uma crownfunding. "Esse sonho nosso tem de ser coletivo", ressalta. Assistam a entrevista.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Grupo Sabin usa Inteligência Artificial para monitorar cibercrimes

“Acompanhamos a LGPD desde o início porque trabalhamos com informações muito sensíveis”, sinaliza o gerente nacional de tecnologia, Edgar Moreira.

Banco Central: Inovação exige equilíbrio nada trivial entre pessoas, segurança e risco

O sistema perfeito inexiste e falhas vão acontecer, mas é obrigatório mitigar os riscos, sustenta o, ex-CIO e agora chefe de segurança cibernética da Autoridade Monetária, Marcelo Yared.

Crédito imobiliário ainda é desafio para digitalização

“Precisamos chegar lá. Mas nem a Estônia, que é considerado o país mais digitalizado do mundo, conseguiu”, lamenta o gerente nacional de soluções tecnológicas para habitação da CEF, Darlan Lins.

Ministério da Economia seleciona 105 startups para aceleração

Programa Inovativa Brasil, criado em 2013, oferece mentoria e contatos com potenciais parceiros. Primeiro ciclo de 2019 em 22/4.

Votorantim Cimentos leva iniciativa de IoT do Brasil para o mundo

O CIO da companhia, Humberto Shida, diz que a experiência com IoT para controle das betoneiras de cimentos foi validada e trouxe um retorno efetivo. Agora, o modelo nacional será replicado nos Estados Unidos.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G