Home - Convergência Digital

Maior evento de games do Brasil registrou tráfego de 31,85 terabytes em rede da Oi

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 29/07/2019

Fornecedora de soluções de TICs do maior Game Park da América Latina, instalado no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, de 25 a 28 de julho, no Rio de Janeiro, a Oi registrou 100% de disponibilidade de serviço durante os quatro dias e 1.774.945 conexões à rede Oi WiFi, que garantiu acesso gratuito à internet para todo o público do evento, estimado em 100 mil pessoas.

O número de conexões superou em 70% o total da Game XP de 2018, quando foram registradas 1.039.460 acessos. Também houve recorde de conexões simultâneas à rede Oi WiFi, registrado no dia 27/07, quando 4.365 equipamentos se conectaram à rede ao mesmo tempo, superando o pico da edição do ano passado (3.913 conexões simultâneas).

O tráfego de dados total – que inclui as conexões via Oi WiFi e as informações transportadas por links de dados fornecidos para o evento – chegou a 31,85 terabytes, o que equivale a mais 10.600 horas de streaming de vídeo, 1.592.000 horas de games de futebol ou 796.000 horas de games de guerra.

“Conseguimos manter nosso padrão de oferecer os serviços sem interrupção, com 100% de disponibilidade. E o perfil de consumo de dados dos visitantes do evento mostrou a importância do nosso serviço, já que nesse ano o tráfego de dados por dispositivo conectado ao Oi WiFi foi 55% maior que o da Game XP do ano passado”, afirma José Claudio Gonçalves, diretor de Operações da Oi.

A Oi disponibilizou à Game XP links de dados de altíssima capacidade (12 Gbps), 26 km de fibra óptica, antenas para reforço da cobertura móvel 3G e 4G, e Oi WiFi gratuito a todos os visitantes com capacidade para 300 mil conexões simultâneas. Ao todo, foram mais de 300 equipamentos instalados pela Oi para garantir a conectividade com alta qualidade e robustez ao evento. Com os resultados contabilizados durante os quatro dias de evento, a companhia – que em 2019 já forneceu infraestrutura para outros grandes eventos, como Rio Creative Conference (Rio2C) e Oi Rio Pro – reforça seu posicionamento como fornecedera de soluções digitais integradas para megaeventos.

Durante toda a Game XP, a companhia manteve monitoramento ininterrupto da rede e das soluções oferecidas através de seu Centro de Operações, o NOC (Network Operation Center), instalado dentro do Game Park. Com uma estrutura de dois andares e telões de LED que mostraram em tempo real as informações de tráfegos de dados online e número de pessoas conectadas à rede da Oi, o NOC também centralizou o controle dos serviços da Oi que fazem parte do portfólio de soluções personalizadas para clientes corporativos.

Por meio de dispositivos de Internet das Coisas (IoT), a Oi fez o monitoramento de energia e temperatura de equipamentos instalados em pontos estratégicos. A companhia também utilizou plataformas de telepresença, soluções de vídeo analytics e mapa de calor para fornecer seus serviços ao evento.

Na Inova Arena, a Oi ofereceu uma degustação do 5G, a quinta geração da tecnologia de telefonia móvel, que ainda não está disponível no Brasil. A Oi disponibilizou smartphone 5G para os visitantes manusearem e fazerem o teste de velocidade conectados a uma rede implementada especialmente para a experiência. Nos testes, a velocidade de internet 5G passou de 1 gigabyte por segundo. A Oi também ofereceu ao público uma experiência de conexão com holografias: munidos de óculos especiais conectados com rede 5G, os participantes experimentaram uma conversa em tempo real, com imagens holográficas, com a captação e transmissão de imagens feitas por duas câmeras.

A Oi forneceu ainda estrutura de rede para o palco do Just Dance (Ubisoft) na Experience Bay, foi naming rights da Oi Game Arena, que tem a maior tela de games do mundo e que transmitiu as finais do TUES (Torneio Universitário de E-Sports, que conta com o apoio da companhia), e foi responsável pela roda-gigante, com a iluminação verde, lembrando a fibra da Oi.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/09/2019
Juiz manda CVM investigar compra e venda de ações da Oi

06/09/2019
Oi confirma autorização judicial para o COO, mas não oficializa saída de Eurico Teles

02/09/2019
Oi quer captar financiamento adicional de até R$ 2,5 bilhões

30/08/2019
Oi adequa plataforma de gerenciamento, que conta com IA do Watson da IBM, à LGPD

29/08/2019
Anatel chama diretoria da Oi para reunião em Brasília

28/08/2019
Oi reforça ofertas digitais ao varejo

19/08/2019
Oi reage e Conselho de Administração rejeita rumores de intervenção

16/08/2019
Anatel descarta intervenção iminente na Oi

15/08/2019
Venda de ativos vai manter investimentos da Oi acima de R$ 7 bilhões

15/08/2019
Oi: Fibra e pós-pago vão trazer receitas de volta

Destaques
Destaques

América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

Mesmo o Brasil, que tem 609 MHz de espectro destinado aos serviços, fica bem abaixo dos 1960Mhz recomendados pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) para 2020.

5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

Tecnologia vai crescer muito mais rápido do que qualquer outra geração sem fio, revela estudo de megatências feito pela Huawei. O estudo também prevê que o volume anual de dados globais chegue a 180 ZB (1 ZB = 1 trilhão de GB).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site