INTERNET

Com aporte de R$ 750 milhões, Vero Internet vai às compras para ficar nacional

Ana Paula Lobo ... 19/06/2019 ... Convergência Digital

Resultado da união de oito prestadoras de serviços de banda larga de Minas Gerais - BD OnLine, NWNet, Efibra, PowerLine, G4 Telecom, Viaceu, ViaReal e City10 - a Vero Internet, por meio de aporte do fundo Vinci Partners, já avalia novas aquisições para ganhar capilaridade nacional. Mas o negócio tem uma diretriz traçada: ir para as cidades pequenas e médias sem serviço de banda larga. Em entrevista ao Convergência Digital, o presidente da Vero Internet, Fabiano Ferreira, diz que há entre R$ 500 milhões a R$ 750 milhões para viabilizar o projeto.

"Vamos chegar a 50 cidades em Minas Gerais até dezembro (Hoje são 39) e já temos uma rede de 2,4 mil Km de fibra óptica própria. Na verdade, em Minas já passamos de 100 mil clientes em fibra óptica e somos os maiores à frente da concorrência (Oi). Mas não queremos ser os primeiros. Nossa meta de chegar às pequenas e médias cidades é levar o serviço e ter como diferencial o atendimento ao cliente", conta Ferreira.

E atendimento ao cliente é diferencial para as aquisições que vão vir para dar à Vero Internet, a capilaridade nacional. "Estamos em negociações, mas o primeiro olhar nosso é no atendimento ao cliente onde essas empresas atuam", acrescenta Ferreira, sem querer, no entanto, dar prazo para anunciar novas compras. "É certo que elas virão", reforça.

No primeiro momento, a banda larga FTTH é o negócio central, mas para 2020, a Vero Internet vai entrar na oferta de plataforma de vídeo - não por TV de Assinatura. "Esse negócio não está na nossa demanda até pelo momento do setor", informa o executivo. Mas por parcerias com empresas do mercado - inclusive Netflix e Amazon Prime, mas também com plataformas voltadas à educação e ao fomento de negócios para as PMEs. "Banda larga leva desenvolvimento, especialmente, nas localidades onde vamos atuar, que não têm serviço algum", afirma Fabiano Ferreira.

O momento, agora, é o de unir as empresas - a Vero Internet está adotando o SAP Business One - e, até dezembro, as marcas das oito companhias que deram origem à empresa, vão desaparecer. "Vamos nos próximos seis meses conversar com os clientes e mostrar a Vero Internet e explicar a fusão dos negócios", sinalizou.

A Vero chega ao mercado com 750 funcionários, 140 mil clientes, distribuídos em 39 cidades mineiras, e 2,4 mil km de fibras ópticas até a residência dos clientes para oferecimento de acesso em banda larga fixa. A rede de fibra atende a 85% dos assinantes – o restante tem tecnologia de radiocomunicação. Nessas localidades, a Vero detém a liderança, com 31%, em média, de participação de mercado.

"Ainda tem muita oportunidade para crescer. Nessas cidades, banda larga é como água e energia elétrica, uma necessidade mesmo", afirma o presidente da companhia, Fabiano Ferreira. Para o executivo, com a tendência de crescimento do mercado, há pelo menos 15 milhões de novos usuários de banda larga para serem conquistados nos próximos cinco anos.




Revista Abranet 30 . fev-mar-abr 2020
Veja a Revista Abranet nº 30 A matéria de capa enfatiza a relevância do engajamento ao mostrar que uma internet mais segura depende da ação conjunta de todos os atores do ecossistema. Tratamos também do leilão das frequências do 5G. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

Convenções partidárias para Eleições 2020 podem ser feitas por videoconferência

TSE decidiu que os partidos têm autonomia para utilizarem as ferramentas tecnológicas que entenderem mais adequadas para suas convenções.

MP de Brasília abre inquérito para apurar venda de dados pessoais

Empresa na mira do Ministério Público do Distrito Federal e Territorios (MPDFT) é a Procob S.A. De acordo com a denúncia, essa empresa comercializa relatórios contendo informações como endereço, telefones, e-mails e outros.

TJSP começa com grupo Itaú projeto de citação eletrônica de pessoas jurídicas

Segundo oTribunal, informações técnicas para a participação foram enviadas a diversas instituições, mas por enquanto  somente o grupo financeiro respondeu. 

Facebook anuncia exclusão de mais de 50 milhões de postagens falsas

Trabalho de filtragem de conteúdo é  feito por algoritmos de inteligência artificial que identificam conteúdos abusivos com expressões de discurso de ódio, nudez adulta e atividades sexuais, violência e conteúdo explícito, bullying e assédio.

MPF: Expor em redes sociais quem descumpre isolamento é obrigação

Em nota técnica, Procuradoria dos Direitos do Cidadão defende ato de denunciar ou expor pessoas que promovem festas, reuniões ou outras atividades temporariamente proibidas.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G