Home - Convergência Digital

Ricardo Sanfelice deixa a Vivo. Luiz Medici assume vice-presidência de Dados e Inteligência Artificial

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 25/04/2019

Ricardo Sanfelice, que chegou à Vivo por meio da aquisição da GVT, deixou a companhia. No seu lugar, assume Luiz Medici, que será o responsável por liderar a área protagonista da Transformação Digital na Vivo e coordenará as ações baseadas em e-care, Business Intelligence (BI) e Big Data e Inteligência Artificial (Aura). o executivo assume no dia 1º de maio.

Antes, a vice-presidência tinha o nome de Inovação e Digital. Com a nova nomenclatura, a VP dará ainda mais ênfase ao uso de dados e inteligência artificial na Vivo. Medici é formado em Administração de Empresa pela FAAP, com MBA Executivo pelo IBMEC e especialização em Inovação para o cliente pela Universidade de Stanford.

Iniciou sua carreira em 1999 no Citigroup com experiência em BI e Planejamento Estratégico e Comercial, Produtos Financeiros e Pricing. Em 2008, foi transferido para os Estados Unidos e retornou ao Brasil em 2010 para assumir as áreas de Planejamento Estratégico e Business Intelligence do Citibank Brasil. Na Vivo, começou como Diretor de BI e Big Data em 2013.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/09/2019
Vivo quer carro conectado até para não cliente

04/09/2019
Vivo fecha contrato de SD-WAN com franquia do McDonald's

03/09/2019
Bolsonaro recebe presidente global da Telefónica

02/09/2019
Vivo investe em redes 4G privativas para o mercado B2B

20/08/2019
Vivo coloca IA Aura para atender clientes pelo WhatsApp

16/08/2019
Levantamento elege a rede da Vivo a melhor do Brasil

01/08/2019
MP do Distrito Federal vai à Justiça para suspender serviço Vivo Ads

24/07/2019
TIM e Vivo avaliam ampliar compartilhamento também para o 3G

10/07/2019
Vivo libera acesso ilimitado fora do país para plano pós-pago Vivo Família

03/06/2019
Vivo reduz em 36% suas emissões de CO2

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site