Home - Convergência Digital

TIM ativa rede NB-IoT com alcance de 100 Km em Goianésia, interior de Goiás

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 18/03/2019

A TIM comunica que encerrou os testes, em conjunto com a Ericsson, que confirmaram o funcionamento de sua rede NB-IoT (Narrow Band em IoT) em sua rede comercial 4G em Goianésia, interior de Goiás, para grandes distâncias. Durante o experimento, um dispositivo NB-IoT disponível comercialmente conseguiu enviar informações de sua localização e outros dados referente à sua conectividade para diferentes plataformas de Internet das Coisas (IoT) mesmo estando a 100km de distância e em diferentes direções da estação rádio base localizada na fazenda da Jalles Machado, parceira da operadora no projeto "4G TIM no Campo".

"A TIM foi pioneira na implantação da plataforma NB-IoT ao ativar a funcionalidade em Santa Rita do Sapucaí e se mantém como a única empresa do segmento a oferecer a tecnologia comercialmente no Brasil. Os testes que realizamos em Goianésia confirmam o acerto na escolha de adotar o NB-IoT como tecnologia de conectividade para Internet das Coisas da TIM e reforçam nosso compromisso em impulsionar o desenvolvimento tecnológico do país por meio da criação de soluções que terão impacto direto na vida de nossos clientes e parceiros", afirma Silmar Palmeira, Diretor de Inovação e Tecnologia da TIM Brasil.

O teste foi baseado na tecnologia LPWAN - rede sem fio de longa distância e baixo consumo de energia – em NB-IoT na banda 28 (700MHz) padronizados pelo 3GPP, validando a funcionalidade de cobertura estendida desenvolvida pela Ericsson, que aumenta os limites de 40km para 100km sem qualquer impacto nos dispositivos. Com ela é possível ler dados de um dispositivo e também comandar equipamentos que estejam a distâncias de até 100km da base, tecnologia essencial para a ativação de soluções de comunicação entre máquinas.

"O benefício desta funcionalidade não é somente técnica - entregando uma cobertura móvel nunca antes imaginada através de uma simples atualização de software - mas também comercial, permitindo que a TIM otimize o investimento em IoT para áreas mais distantes que possuem equipamentos Ericsson. Mais uma vez trabalhamos em parceria com a TIM para entregar inovações que garantem melhor acessibilidade e confiabilidade aos seus clientes nas mais diversas regiões, não somente nas cidades" diz Leandro Nobre, CTO da Ericsson para a TIM.

Além de Goianésia, o NB-IoT, já está disponível nas cidades de Itajubá, Santa Rita, Correntina, Cataguases, Campinas e Rio de Janeiro, lugares nos quais a TIM possui parcerias com empresas voltadas para o agronegócio ou instituições focadas no desenvolvimento de tecnologias para cidades inteligentes. Até 2020, a operadora espera ter mais de 4.000 municípios operando na faixa 700MHz e que podem ser contemplados com soluções de IoT, de acordo com as novas parcerias da operadora no país.

O objetivo da TIM com essas parcerias é ser facilitadora para a criação de soluções de Internet das Coisas, por meio da disponibilização da tecnologia para seus clientes corporativos (empresas públicas e privadas). As aplicações estão ligadas neste momento a soluções para o agronegócio; sensores de poluição de cidades; medidores para a energia, água e esgotos das cidades, entre outras iniciativas que tornam os sistemas mais eficientes.

A rede 4G da TIM vem sendo preparada como uma plataforma para todos os tipos de serviços, inicialmente com a banda larga móvel, passando pela internet fixa com a tecnologia WTTx (acesso fixo), além do VoLTE, serviço de voz sobre a rede de tecnologia de quarta geração, e para soluções de cidades e agricultura inteligentes por meio da plataforma NB-IoT.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/10/2019
Campina Grande, na Paraíba, recebe laboratório de 5G

16/10/2019
Brasil melhora, mas ainda é o segundo país em ataques à IoT

14/10/2019
IoT: Vivo e Esalq mostram projeto pioneiro de irrigação 100% conectada

09/10/2019
Claro e TIM perdem. Oi fica sem poder de mercado em São Paulo, Centro-Oeste e Sul

09/10/2019
STF nega recurso e TIM vai pagar multa de R$ 1 milhão por “Ilimitado” e “Liberty”

04/10/2019
Certificação digital quer avançar nos dispositivos de IoT

25/09/2019
Câmara aprova projeto que zera imposto para internet das coisas

20/09/2019
TIM terá antena 5G no Cubo Itaú, em São Paulo

19/09/2019
Ministério da Justiça investiga TIM por possível vazamento de dados

10/09/2019
Anatel ajusta regras de IoT, mas tributo ainda é maior barreira

Destaques
Destaques

5G chegará a 75 milhões de conexões na América Latina até 2023

Até lá, a tecnologia LTE segue com um crescimento considerável. Em junho foram 4,7 bilhões de conexões, ou 53% de todas as conexões celulares no mundo, revela a 5G Americas.

TVs defendem migração da banda C para Ku e calculam custo em R$ 2,9 bilhões

Abratel, que representa Record e Rede TV!, apresentou formalmente à Anatel uma proposta de migração das transmissões como forma de evitar a interferência do uso da faixa de 2,5 GHz nas antenas parabólicas.  

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site