GOVERNO » Política Industrial

BNDES lança chamada de R$ 20 milhões para projetos de IoT

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/06/2018 ... Convergência Digital

O BNDES lançou nesta quinta, 14/6, a primeira chamada pública para estimular o ecossistema relacionado à internet das coisas, dando sequencia ao plano nacional para esse segmento. São R$ 20 milhões para projetos piloto em cidades inteligentes, áreas rurais e saúde, em financiamentos não reembolsáveis. Além disso, o Banco vai abrir uma linha específica para emprestar também as contrapartidas das iniciativas selecionadas.

“A bola da vez do mundo hoje é a internet das coisas. Nosso objetivo é preparar o Brasil para estar vivendo utilização e implantação da internet das coisas no mesmo momento dos outros países”, afirmou o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, ao participar do lançamento do edital, na sede do BNDES, no Rio de Janeiro.

O presidente do Banco, Dyogo Oliveira, emendou que o Brasil pode se posicionar com essa nova onda tecnológica. “Chips e sensores representam uma parte pequena do custo. A grande agregação de valor está na integração, na construção de soluções e na melhor utilização das informações. E nesse particular o Brasil tem grande competência e poderemos tirar proveito.”

Como explicou o superintendente da área de indústria e serviços, Julio Ramundo, o objetivo é trazer à tona casos de uso onde existe a maior possibilidade de difusão e contribuição da internet das coisas para solução de problemas. A partir dos casos, as soluções serão testadas antes de massificadas. “Vamos aprender a fazer fazendo. E certamente nesse desenvolvimento identificar gargalos regulatórios, necessidade de aprimoramento de políticas, de regulação, que poderão ser endereçados com essa iniciativa”, afirmou.

“Estamos trabalhando numa chamada de R$ 20 milhões em recursos não reembolsáveis para montar casos de uso junto com empresas de tecnologias e institutos tecnológicos. O banco já tem à disposição 15 fundos de venture capital, capital semente, investimento anjo. Tem R$ 600 milhões disponíveis para aplicação nessas tecnologias por meios de fundos de capital de risco. E vamos também lançar nos próximos dias uma linha facilitada, rápida. Vamos baixar o limite de acesso direto ao BNDES para R$ 1 milhão para fazer crédito para empresas nessa área. Uma linha ágil para empresas na área de IoT”, completou.

Na prática, o BNDES poderá aportar até R$ 2 milhões pela linha não reembolsável. Com isso, o aporte mínimo de contrapartida dos esperados consórcios entre fornecedores, institutos de tecnologia e consumidores pela linha de financiamento nova será de R$ 1 milhão, mas com expectativa de que seja maior. As propostas devem ser submetidas ao BNDES até 31 de agosto próximo. O Banco espera indicar quais foram as selecionadas em até 60 dias depois dessa data.


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

MP entra com pedido para TCU fiscalizar terceirizações no Governo Federal

Subprocurador-geral, Lucas Rocha Furtado, diz que as terceirizações são uma forma de driblar a obrigatoriedade de concurso público, previsto na Constituição. Também alega que as terceirizações estão sendo feitas para 'satisfação de interesses pessoais', mediante direcionamento na indicação de profissionais.

Governos precisam de CIOs para liderar a incorporação das inovações

“Existem passos fundamentais para que o governo faça sua transformação digital, e vemos que eles estão acontecendo no Brasil. Mas certamente ter uma liderança nesse processo faz diferença”, afirma a vice-presidente global da Amazon Web Services para o Setor Público, Teresa Carlson. 

MCTIC vai cruzar dados com a Receita em novo formulário da Lei do Bem

Segundo a diretoria de apoio à inovação da pasta, foco do novo FORMP&D é a segurança. “Ideia é assegurar que quem está prestando os registros são os representantes dessas empresas”, diz a diretora Adriana Martin.

Serpro e Dataprev unificam mais de 22 milhões de contas de brasileiros

Usuários, agora, terão um único login para acessar a plataforma gov.br e as mais de 80 soluções disponíveis de governo digital, entre elas, INSS e ComprasNet. Acesso ao portal poderá ser feito por CPF, senha e certificado digital A3, que serve para pessoas físicas e jurídicas.

Operações com criptomoedas terão que ser informadas à Receita

Nova instrução normativa da Receita exige informações quando as operações com ‘criptoativos’ ultrapassarem os R$ 30 mil mensais. No valor  de mercado desta terça-feira, 07/05, um bitcoin vale US$ 5.940,00, ou R$ 23.760. Ou seja, brasileiro com 2 bitcoins terá de prestar contas com o Fisco.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G