INOVAÇÃO

Distributed Ledger: open source e blockchain unem esforços

Por Roberta Prescott e Carlos Afonso ... 28/06/2019 ... Convergência Digital

O Blockchain será uma revolução para o mercado financeiro, frisou Thiago Nascimento, diretor de DCX da Capgemini, durante o Ciab Febraban 2019, realizado de 11 a 13 de junho, em São Paulo. De acordo com o especialista, blockchain funciona como o habilitador, aportando simplicidade e eficiência para o mercado financeiro e permitindo a criação de diversos modelos de negócios.

"Distributed ledger [a tecnologia distribuída de livro-razão (DLT, do inglês distributed ledger technology)] vai proporcionar um grande avanço e crescimento para o setor, mas é preciso entender que toda tecnologia nasce, evolui, depois retrai um pouco e, quando vem o próximo crescimento, ele é disruptivo e sem volta. Quem estiver bem-preparado terá vantagem competitiva", disse.

Atualmente, pontuou em entrevista à CDTV, do Convergência Digital, há instituições financeiras fazendo provas de conceito com a tecnologia e que, inclusive,já estão tirando proveito disto. "Na nossa visão de futuro, vai haver um acordo entre eles e os consórcios vão interoperabilizar entre si. Muito proximamente vamos ver blockchain no dia a dia sendo um meio para implementar casos de uso", disse.

A prática global de DLT na Capgemini está baseada em cinco pilares: pesquisa e análise de blockchain; provas de valor; parcerias com start-ups; iniciativas de open source; e time de experts em DLT para acelerar o desenvolvimento. "No final do dia, é uma grande integração de parceiros que hoje ocorre com vários brokers no meio do caminho", afirmou. "O grande desafio será a integração fim a fim do caso de uso e todos os seus pilares. DLT vai permitir novos modelos financeiros que vão surgir através do uso desta tecnologia, de casos de usos sendo habilitados pelo DLT", completou.


Cloud Computing
Consumo alto de energia desafia o futuro dos data centers

Coma maior demanda por novas tecnologias e da própria virtualização, os data centers têm de perseguir o equilíbrio entre a eficiência e os custos, aponta um estudo da Huawei para o setor até 2025.

Aceleradora busca start-ups e projetos no setor de Cannabis no Brasil

The Green Hub realiza o Cannabis Thinking, para fomentar o desenvolvimento de projetos criativos. Em março, acontecerá o Demo Day.

BC contrata Dinamo Networks e faz acontecer o pagamento instantâneo

Autoridade Monetária selecionou a fornecedora brasileira para comprar 22 HSMs, voltados à segurança das transações por R$ 1,350 milhão. Todo o software usado é desenvolvido no Brasil. Nova infraestrutura pode ser a pá de cal nos cartões de débito, TEDs e DOCs.

Oi Futuro e Sebrae lançam edital de aceleração para empreendedores

Startups terão acesso a espaço de coworking e poderão ganhar prêmios de até R$ 25 mil. Iniciativa terá seis meses de duração e reúne mentorias, consultorias e workshops.

boostLAB, do BTG Pactual, abre espaço para ERPs, big data e Edtechs

A quarta edição do programa superou a marca de 260 empresas inscritas. Para o Batch #5 serão selecionadas de cinco a dez startups para seguirem no programa durante cinco meses. Inscrições abrem nesta quinta-feira, 05/12.

STJ valida sistema 'mailbox' e confirma patente por 20 anos

​A Terceira Turma do STJ, por unanimidade, estabeleceu em 20 anos o prazo de vigência de patente concedida pelo sistema mailbox, contado a partir da data do depósito do pedido pelo interessado.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G