Home - Convergência Digital

Mulheres buscam certificação para serem as guardiãs dos dados com a LGPD

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 23/08/2019

Uma das funções mais disputadas do mercado de TI no Brasil a partir de agora, o Data Protection Officer, o guardião dos dados corporativos, está atraindo as mulheres, revela a VP de Articulação Política da Federação Assespro, Leticia Batistela. A Assespro Rio Grande do Sul, onde atua, conduziu um piloto de certificação de DPOs e houve uma boa procura por parte das mulheres. "Temos também instrutoras mulheres. Isso é muito bom porque é uma área que é multidisciplinar", pontou.

O bom ou a boa DPO terá de ter noções não apenas de administração de empresas ou ser uma cientista de dados. Ela terá de entender disciplinas de Humanas e Exatas ao mesmo tempo, e, dependendo do projeto, misturam a necessidade também de disciplinas Biológicas. São os chamados profissionais híbridos e que vão ser responsáveis pelos dados das corporações com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que entra em vigor no segundo semestre de 2020.

Com relação à atração das jovens e das meninas para a TI, Leticia Sabatela diz que a inspiração faz a diferença. "Temos de inspirar as meninas a fazer TI. Ela tem de se enxergar em um cargo de chefia, programando um software". Leticia Sabatela participou do MyINova Summit 2019, realizado em Curitiba. Assistam a entrevista.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

13/09/2019
Assespro Paraná será um agente de crédito para empresas de TI

04/09/2019
Mão de obra é o gargalo para fazer tecnologia e inovação no Brasil

04/09/2019
Existem mais de 2 mil vagas abertas para DevOps no Brasil

03/09/2019
CGI.br quer ser orquestrador da inovação no Brasil

03/09/2019
Empreendedorismo exige coragem, foco, resiliência e persistência

03/09/2019
São gritantes as diferenças do Brasil com o Vale do Silício

02/09/2019
IA não decide. Quem toma a decisão final é o homem

02/09/2019
É preciso lidar com as demissões provocadas pela transformação digital

02/09/2019
Vitimização é um hábito ruim da mulher no mercado de trabalho

02/09/2019
Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

Destaques
Destaques

América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

Mesmo o Brasil, que tem 609 MHz de espectro destinado aos serviços, fica bem abaixo dos 1960Mhz recomendados pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) para 2020.

5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

Tecnologia vai crescer muito mais rápido do que qualquer outra geração sem fio, revela estudo de megatências feito pela Huawei. O estudo também prevê que o volume anual de dados globais chegue a 180 ZB (1 ZB = 1 trilhão de GB).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site