SEGURANÇA

'Trancar' as fronteiras cibernéticas é legítimo, mas invalida a Internet

Por Roberta Prescott e Rodrigo dos Santos ... 11/11/2016 ... Convergência Digital

Muitos países tratam a cibersegurança como parte de sua segurança nacional e muitos querem "trancar" suas fronteiras cibernética, o que é, na opinião do vice-presidente do Information Technology Industry Council (ITI), John S. Miller, bastante legítimo, mas não é compatível com a maneira que a internet foi desenvolvida e a medida impede a interoperabilidade para se transferir dados.

O especialista em segurança da informação falou à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o IX Seminário TelComp, realizado no dia 08 de novembro, em São Paulo. Para Miller, os governos terão de trabalhar com o setor privado para desenhar a política de cibersegurança e devem analisar múltiplos modelos antes de escolher um. "Privacidade é absolutamente essencial para as pessoas, companhias e governos. E ambos, segurança e privacidade, são essenciais para se ter confiança", destacou.

Confira a entrevista, na qual Miller também responde a perguntas sobre aumento da complexidade da segurança com o advento da internet das coisas e orienta os legisladores a não olhar apenas para um sistema, mas para o conjunto e as diferentes abordagens na hora de fazer uma lei de privacidade e proteção de dados.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
No combate aos crimes, a fusão do ciber e do real

A integração Cibernética (virtual) e Física é essencial para vincular atividades criminais aos suspeitos reais no mundo físico (real). A Tecnologia é meio dessa união.

Mais de 30 mil ciberataques são detectados em golpe ao WhatsApp no Brasil

Uma falsa promoção oferece R$ 70 em créditos para celulares pré-pagos por conta do suposto aniversário da OTT de mensagens.

Vazamento de dados de até 500 mil contas enterra de vez a rede social Google+

Criada há sete anos para ser a concorrente do Facebook, o Google+ nunca decolou. Agora, com o anúncio de um vazamento de até 500 mil contas de usuários, a Alphabet, dona do Google, decidiu fechar o caixão e evitar um estrago semelhante ao vivido pelo rival Facebook. Sete anos depois, o Google+ está descontinuada.

Guerra cibernética: Reino Unido acusa a Rússia de usar hackers para desestabilizar o mundo

Tendo como base trabalhos do Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC), o Reino Unido acusa a Rússia e a sua inteligência militar de estarem por trás dos ataques BadRabbit e à Agência Mundial Antidoping de 2016.

Facebook vive pesadelo e admite violação que afetou 50 milhões de contas

2018 não está sendo nada fácil para a rede social. Nesta sexta-feira, o Facebook admitiu uma violação de segurança que afetou cerca de 50 milhões de contas de usuários. Hoje a rede social conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos por mês.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G