Convergência Digital - Home

OpenStack, multicloud e cloud broker lideram tendências de cloud

Convergência Digital
Roberta Prescott e Rafael Mariano - 23/10/2018

Multicloud, cloud broker e plataformas abertas como OpenStack são algumas das tendências em computação em nuvem. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o Futurecom 2018, Marco Ruiz, gerente de soluções da da Huawei, explicou que as companhias começaram pela nuvem privada e estão migrando para cloud híbrida e pública.

“Agora elas percebem que um único player de cloud não consegue absorver todas as necessidades das empresas e estão partindo para mais um player”, disse, mencionando a ascenção do multicloud como modelo para as companhias adotarem nuvens diferentes conforme a necessidade das diversas áreas.

Neste cenário, surge a figura do broker, que é quem vai facilitar a migração de workloads entre os variados tipos de nuvens. “Este modelo tem se consolidado pelo fato de o cliente ter liberdade para se trabalhar com nuvem e mais de um player”, ressaltou.

Até por isto, as plataformas abertas  como OpenStack ganham maior relevância na medida em que proporcionam interoperabilidade, permitindo a migração das aplicações. De acordo com Ruiz, o modelo OpenStack está mais difundido nas nuvens privadas.  Confira a entrevista na íntregra.


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

Operadoras terão, com infraestrutura, capacidade de ter serviços tão rápidos quanto os ofertados pela TI, preconizou o diretor-executivo de Business Network Consulting da Huawei América Latina,  Guillermo Solomon.

CNJ alega risco à segurança nacional e suspende contrato do TJ/SP com a Microsoft

Para o conselheiro Márcio Schiefler Fontes, o TJ/SP entregou à Microsoft o controle total sobre a tramitação processual do maior tribunal do país.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site