NEGÓCIOS

Oracle retoma guerra com o Google por Java/Android

Convergência Digital* ... 14/02/2017 ... Convergência Digital

Não há quem faça desisitir e a disputa entre a Oracle e o Google, pelo Android, ganhou um novo capítulo. Inconformada por ter sido derrotada, a Oracle apresentou um recurso à Corte de Apelações para o Circuito Federal dos Estados Unidos pedindo a anulação da decisão do júri federal que no ano passado, que determinou que o uso da linguagem de programação Java não viola a lei de propriedade intelectual.

A Oracle pede indenização de cerca de US$ 9 bilhões. Originalmente, a Oracle havia solicitado US$ 6 bilhões ao Google, em 2011, mas na época um juiz rejeitou o montante por considera-lo demasiadamente elevado. As duas empresas têm travado uma disputada batalha judicial desde 2010, quando o Oracle processou o Google por usar partes do Java, de sua propriedade, no desenvolvimento do sistema operacional para dispositivos móveis Android.

O caso já passou por dois julgamentos federais e tem percorridos vários tribunais de apelação, incluindo uma breve parada no Tribunal Supremo dos Estados Unidos. A Oracle usa também como argumento o fato de a Sun Microsystems, antiga dona do Java, que foi adquirida por ela em 2009, já ter tido um sistema operacional móvel, o qual não vingou. Segundo a fabricante de software, o fracasso do negócio deve ser atribuído justamente ao Android, que o impediu de se tornar uma operação de bilhões de dólares.

A disputa entre as duas é uma das mais no Vale do Silício. Depois de o Google ter vencido o julgamento federal em maio do ano passado, a Oracle incrementou seus esforços para se opor ao Google em outras arenas, incluindo um forte lobby junto aos órgãos reguladores antitruste europeus sobre as políticas de privacidade do Google.

*Com agências e imprensa internacionais.


B2B compra mais tablets, mas vendas seguem em queda no Brasil

O setor corporativo comprou 127 mil unidades, um crescimento de 57% em relação a 2017. No total, em 2018, foram vendidos 3,640 milhões de unidades. Este ano, a previsão é de uma queda de 5% na comercialização dos dispositivos.

Uber vai usar Serpro para checar motoristas em tempo real

Uber contratou a ferramenta Datavalid que permite a verificação em tempo real de informações de automóveis e motoristas, com acesso aos dados das certeiras de habilitação e de registro de veículos.O valor do contrato não foi revelado.

Novo sistema de boletos reduz circulação de R$ 5,1 bilhões em dinheiro

A estimativa da Febraban é que, em 2019, 6,6 bilhões de boletos sejam registrados na Nova Plataforma - que permite o pagamento de boletos em bancos diferentes da emissão do documento - e mais de 25 bilhões de operações sejam realizadas.

Ingenico fabrica terminal Android para meio de pagamentos no Brasil

País é o segundo a contar com manufatura local do terminal, batizado de APOS A8, voltado para um checkout mais rápido e seguro. Os valores aportados na produção local não foram reveladas pela companhia.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G