GOVERNO

INSS terá chatbot para atender até 100 mil pedidos de informações/dia

Ana Paula Lobo ... 12/02/2019 ... Convergência Digital

O Brasil entrou atrasado na corrida da transformação digital, admitiu o secretário de governo digital, Luiz Felipe Monteiro, uma vez que a primeira ação aconteceu em 2016, quando países como a Dinamarca já atuam com egov desde 2001, mas está trabalhando para quintuplicar os investimentos para ter pelo menos 1000 novos serviços 100% digitais em um prazo de 24 meses. Hoje apenas três em 100 serviços são considerados 100% digitais e apenas 845 têm alguma parte digitalizada. No total, o governo federal contabiliza 2855 serviços ao cidadão.

“É muito pouco, sabemos disso. Boa parte disso termina na busca pessoal do cidadão às unidades de atendimento. Hoje, um serviço público é entregue ao cidadão em 46 dias. É muito tempo. O esforço da digitalização existe. Em 2017, o governo investiu R$ 8 bilhões em tecnologia. Parece muito, mas foi pouco para o que precisamos fazer”, sustentou Luiz Felipe Monteiro, em apresentação no evento Microsoft IA Tour, realizado em São Paulo, nesta terça-feira, 12/02.

Um dos cases de transformação digital apresentados pelo governo no evento da Microsoft é o do INSS, com a Dataprev à frente. De acordo com Monteiro, apenas 17% dos benefícios solicitados, hoje, são gerados automaticamente. “Temos que ampliar isso com o cruzamento de mais bancos de dados”, afirmou. Só que segundo Monteiro, apenas 30% das demandas do INSS são referentes à concessão de benefícios. A maioria pede informações básicas.

“A maioria quer saber o que fazer, como fazer, quer uma certidão simples. E a situação do atendimento precário ao cidadão pode se complicar porque metade dos funcionários do INSS ( são 13 mil)  pode se aposentar a partir deste ano. Se hoje o atendimento já não é bom, imagina sem metade desses profissionais?”, indagou.  A estratégia para suprir essa ausência é o maior uso da Tecnologia. 

O governo está  criando algoritmos para modernizar esse atendimento. Um dos projetos em andamento – ainda não há data para entrar em operação oficial – é a criação de um chatbot, por meio de Inteligência Artificial da Microsoft, capaz de atender até 100 mil pedidos de informação por dia.

“Esse chatbot terá a missão de conhecer o cidadão, de permitir que ele tenha atendimento sem sair de casa ou largar o celular. A tecnologia tem esse poder transformador. Além desse há outros 30 projetos com IA em andamento no governo em diversos órgãos”, pontuou ainda o secretário de governo digital.

Mais do que investir em digitalização, um dos desafios do governo na jornada digital, acrescentou ainda Luiz Felipe Monteiro, é o de coordenar esforços para que os mais de 10 milhões de servidores públicos- federais e estaduais – incorporem a cultura da transformação digital.











Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Operações com criptomoedas terão que ser informadas à Receita

Nova instrução normativa da Receita exige informações quando as operações com ‘criptoativos’ ultrapassarem os R$ 30 mil mensais. No valor  de mercado desta terça-feira, 07/05, um bitcoin vale US$ 5.940,00, ou R$ 23.760. Ou seja, brasileiro com 2 bitcoins terá de prestar contas com o Fisco.

Reforma Tributária só acontece se for 'fatiada' com governo à frente

A afirmação é do presidente da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária do Congresso Nacional, deputado Luis Miranda, do DEM/DF. "Não dá para crer que governo federal, estados e municípios façam a reforma unificada", diz.

Serpro e Dataprev terão de se reinventar para a economia digital

O secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, admite que um desafio a ser enfrentado para a transformação digital do governo federal é a interoperabilidade dos bancos de dados. "Há muitos que não se conversam", afirmou.

Falta de dinheiro exige exercício de criatividade na economia digital

Para o secretário de empreendedorismo e inovação do MCTIC, Paulo Alvim, a retomada da competitividade no Brasil passa por um ecossistema sólido unindo governo, iniciativa privada e academia.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G