INOVAÇÃO

Brasil puxa crescimento de 21% no uso de robôs na América Latina

Convergência Digital ... 10/04/2019 ... Convergência Digital

Um estudo da consultoria IDC, que mede a implementação dos vários tipos de robôs em 20 indústrias e seus modos de uso, indica que o mercado de robôs na América Latina encerrou 2018 com um valor de US$ 1,040 bilhão e que seguirá crescendo. Para 2019, espera-se que este mercado chegue a US$ 1,266 bilhão, com um crescimento de 21% em relação ao ano anterior, com 73% de robôs industriais, 27% de robôs de serviços e 0,09% de robôs de consumo.

Para 2022 se espera que o segmento de robôs industriais na América Latina represente 72% do mercado e continue predominando graças à participação de Brasil e México, dois grandes países fabricantes deste tipo de robô na região. A IDC prevê que este mercado alcance US$ 2,150 bilhões. Também se destacam para o período os robôs para a produção de alimentos, que estão ganhando terreno devido à alta demanda de mão de obra no setor. Os casos de uso mais relevantes de robôs industriais são: montagem, solda, mistura, embalagem de produtos, inspeção e engarrafamento.

Em relação ao segmento dos robôs de serviços, os casos de uso mais importantes são: embalagem, inspeção de tubulações, produção agrícola e segurança. “Estes robôs irão crescer na área de agricultura, principalmente na colheita de frutas e verduras e também irão crescer na modernização da infraestrutura dos países da América Latina”, afirmou Alejandro Floreán, Vice-Presidente de Consultoria da IDC América Latina.

Em relação ao setor de consumo, ainda falta evolução para encontrar casos de uso relevantes, que estão sendo precedidos pelos assistentes virtuais e pequenos robôs que ajudam em algumas atividades de limpeza nos lares. Nas indústrias de alto risco, tais como a mineração, a avaliação é de que os robôs podem representar papel importante para garantir a segurança dos seres humanos.



Cloud Computing
Consumo alto de energia desafia o futuro dos data centers

Coma maior demanda por novas tecnologias e da própria virtualização, os data centers têm de perseguir o equilíbrio entre a eficiência e os custos, aponta um estudo da Huawei para o setor até 2025.

Aceleradora busca start-ups e projetos no setor de Cannabis no Brasil

The Green Hub realiza o Cannabis Thinking, para fomentar o desenvolvimento de projetos criativos. Em março, acontecerá o Demo Day.

BC contrata Dinamo Networks e faz acontecer o pagamento instantâneo

Autoridade Monetária selecionou a fornecedora brasileira para comprar 22 HSMs, voltados à segurança das transações por R$ 1,350 milhão. Todo o software usado é desenvolvido no Brasil. Nova infraestrutura pode ser a pá de cal nos cartões de débito, TEDs e DOCs.

Oi Futuro e Sebrae lançam edital de aceleração para empreendedores

Startups terão acesso a espaço de coworking e poderão ganhar prêmios de até R$ 25 mil. Iniciativa terá seis meses de duração e reúne mentorias, consultorias e workshops.

boostLAB, do BTG Pactual, abre espaço para ERPs, big data e Edtechs

A quarta edição do programa superou a marca de 260 empresas inscritas. Para o Batch #5 serão selecionadas de cinco a dez startups para seguirem no programa durante cinco meses. Inscrições abrem nesta quinta-feira, 05/12.

STJ valida sistema 'mailbox' e confirma patente por 20 anos

​A Terceira Turma do STJ, por unanimidade, estabeleceu em 20 anos o prazo de vigência de patente concedida pelo sistema mailbox, contado a partir da data do depósito do pedido pelo interessado.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G