INOVAÇÃO

Com novo aporte de US$ 150 milhões, Loggi é o mais novo unicórnio brasileiro

Convergência Digital ... 05/06/2019 ... Convergência Digital

A Loggi, startup de tecnologia que conecta o Brasil por meio de entregas expressas, atingiu o valor de mercado de US$ 1 bilhão ao receber aportes em uma nova rodada de investimentos do SoftBank, Microsoft, GGV, Fifth Wall e Velt Partners, no valor total de US$ 150 milhões e se transformou no mais novo unicórnio da inovação no Brasil. Os recursos serão direcionados principalmente a pesquisa e desenvolvimento.

Em comunicado à imprensa, a empresa montará uma equipe com mais de mil desenvolvedores de tecnologia que será uma referência mundial em inovação, em condições competitivas com os principais centros tecnológicos no mundo, como o Vale do Silício, nos Estados Unidos. O investimento será direcionado também para expansão territorial da Loggi por meio de centros de expedições urbanos espalhados pelo país e aumento da malha logística, incluindo transporte aéreo.

O CEO e co-fundador da Loggi, Fabien Mendez, diz que a missão da empresa é conectar o Brasil. "Este é um marco financeiro que confirma que a Loggi está no caminho certo para alcançar sua missão de conectar o Brasil, reinventando a logística com uso de tecnologia. Temos orgulho de ser o catalisador de crescimento do comércio eletrônico e do comércio local no Brasil, que gera  oportunidades de trabalho e inclusão social, com uma tecnologia 100% desenvolvida no Brasil ", conclui.

A Loggi está reinventando a logística brasileira. Por meio da tecnologia, fomenta o crescimento de e-commerces e comércios locais em todo território nacional. Atualmente, a empresa faz 100 mil entregas diárias e a meta é realizar 5 milhões de entregas por dia nos próximos 5 anos. A expectativa é conectar 100% dos brasileiros até 2020.


Maganine Luiza abre concurso para escolher startups

Rede varejista está com inscrições abertas para o seu primeiro pitch day de serviços digitais. "Queremos todos os tipos de startups", avisa a gerente do Magazine Luiza, Juliana Silva.

Só a inovação tira o Rio de Janeiro da estagnação econômica

A afirmação é do presidente do TI Rio, Benito Paret. Segundo ele, o Estado do Rio de Janeiro tem de buscar novos caminhos e eles passam pela inovação.

Petrópolis terá sensores IoT para prevenção de enchentes

Iniciativa é um projeto-piloto de cidades inteligentes, em parceria com o BNDES e com a ENEL, e começa a ser implantado no começo de 2020, revela o secretário de Desenvolvimento do município, Marcelo Fiorini. "Política pública não pode ser projeto político. Ela é de longo prazo", observa o executivo.

Startup cria software para detectar interações perigosas entre máquinas e homens

Até então incubada na UFF, no Rio de Janeiro, a Displace desenvolveu um software para proteger o homem na rotina da indústria 4.0. A ideia atraiu a atenção de grandes empresas, entre elas, a Ambev.

Finep tem crédito de R$ 200 milhões para projetos de indústria 4.0

Linha vai apoiar projetos em internet das coisas, big data, computação em nuvem, segurança digital, robótica avançada, manufatura digital e aditiva, inteligência artificial e digitalização.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G