Home - Convergência Digital

TIM faz piloto de 5G em 'rede viva' em Florianópolis

Ana Paula Lobo, de Florianopólis - 26/06/2019

A TIM está fazendo um piloto com o 5G em sua rede 'viva', ou seja, na ERB instalada para atender o campus da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis O piloto, autorizado pela Anatel, acontece na faixa de 3,5GHz e usa 100 Mhz para a sua realização, contou o diretor de rede da TIM Brasil, Marco Di Constanzo. As aplicações testadas estão sendo produzidas pela Fundação Certi e envolvem cidades inteligentes, indústria 4.0 e Internet das Coisas.

"Não é um laboratório. Não é um teste fechado. Colocamos o 5G na nossa torre aqui na UFSC e ele está funcionando ao lado do nosso 2G, 3G e 4G. Ela está integrada à nossa infraestrutura. O sinal é levado para Maringá, Curitiba e depois para o Rio de Janeiro", diz Constanzo. A possível interferência do 5G na faixa de 3,5GHz é minimizada pelo executivo. "Os conflitos são absolutamente gerenciáveis", informou.

Outros testes serao realizados na cidade de Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais, com a Ericsson e a Inatel como parceiras, e em Campina Grande, com a Universidade Federal de Campina Grande e a Nokia. "O 5G é um grande ecossistema. É um novo habilitador de negócios e é isso que estamos testando, novas aplicações para dar mais competitividade e produtividade", diz Constanzo.

Do ponto de vista técnico, Constanzo revelou que, até o final do ano, a TIM terá 4G em mais 300 cidades o que levará a cobertura a mais de 3500 localidades no Brasil. "Não existe 5G, sem 4G. O 4G é a base porque levamos fibra óptica", observou. Em entrevista à CDTV, do Convergência Digital, Marco Di Constanzo, revelou ainda que  virtualização, para o uso do edge computing, segue em curso.

"Teremos 37 data centers virtualizados, 12 para o core da rede, e 25 para edge computing. 5G exige menor latência. O edge computing viabiliza essa menor latência agregada ao 5G", completa. Para o diretor de rede da TIM Brasil, o leilão das frequências acontecendo de fato no primeiro trimestre de 2020, o ano que vem será ainda de operações não comerciais e pilotos. "O 5G chegará para valer em 2021 se o cronograma for mantido", afirmou. Assistam a entrevista.

*Ana Paula Lobo viajou a Florianópolis a convite da TIM Brasil

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

30/06/2020
Vivo e TIM avançam com OpenRAN para 'quebrar' concentração dos fornecedores

30/06/2020
Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

29/06/2020
Vodafone: 5G é o remédio para combater o impacto da Covid-19

26/06/2020
Como está, PL das Fake News não resolve nem robôs, nem desinformação

26/06/2020
'Dados do bem', para combate à Covid-19, une TIM e rede Open D'Or

25/06/2020
Covid-19 impôs revisão dos projetos 5G na América Latina

23/06/2020
Huawei: Brasil sempre teve um mercado aberto e justo no setor de TIC

19/06/2020
CEO da Algar: Banir fornecedor do 5G seria um tremendo equívoco

19/06/2020
Compras públicas são 12% do PIB e tecnologia ocupa fatia cada vez maior

19/06/2020
Ministério da Justiça multa TIM em R$ 800 mil por bloqueio após franquia

Destaques
Destaques

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

O CEO da Oi, Rodrigo Abreu, descartou a possibilidade de vender a Oi Móvel 'fatiada' para atender aos interessados: Vivo/TIM e Claro. "Sem chance. O ativo será vendido todo", disse. Sobre o 5G, diz que dependendo do modelo de venda, a Oi entra pensando em B2B, IoT e até para ser MVNO.

Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

De acordo com a KPMG, será preciso ainda cuidar da avaliação de riscos, governança, gestão da configuração e gestão da cadeia de suprimentos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site