Home - Convergência Digital

Aplicativo e drone auxiliam no combate ao desmatamento no Amapá

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 20/12/2018

Um aplicativo em tempo real e um drone estão fazendo diferença no combate ao desmatamento no Amapá, segundo revela a Delegacia do Meio Ambiente do estado. Com uma área de 142,8 mil quilômetros para patrulhar e apenas 12 agentes, desde meados do ano a Dema se vale de imagens via satélite para otimizar o trabalho.

“Precisamos combater o desmatamento com novos equipamentos, tecnologia, com inteligência, e sempre evoluir”, explica o delegado titular Leonardo Brito. Ele divulga o uso de um app chamado Forest Watcher, uma ferramenta colaborativa que traz imagens via satélite quase em tempo real.

A ferramenta combina recursos do sistema de monitoramento do desmatamento na Amazônia Legal, mantido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), com a atualização de imagens via satélite pela Nasa, a agência espacial dos EUA.

Além disso, o GFW, de Global Forest Watcher, foi desenvolvido de forma a poder ser utilizado off-line, em campo, o que ajuda muito na localização precisa das áreas identificadas como alvo de crimes ambientais no meio da Floresta Amazônica.

Em tentativas anteriores de se valer da tecnologia, a Delegacia do Meio Ambiente esbarrou em complicações técnicas. Por exemplo, imagens com baixa atualização. “Quanto as imagens são de três meses atrás ou mais, quando chegamos lá não encontramos mais ninguém”, diz o delegado.

A equipe possui um drone, mas como a bateria dura cerca de 20 minutos, as imagens por satélite ajudam a delimitar a área de busca com o equipamento, garantindo imagens ‘ao vivo’ de forma otimizada para a equipe restrita de policiais.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/02/2019
Anatel terá app para comparação de preços, mas ele só fica pronto em 2020

30/01/2019
Bradesco viabiliza aluguel de carro pelo aplicativo

24/01/2019
Easy Taxi e Cabify unem operações para brigar com Uber e 99

23/01/2019
Telegram ignora Fake News e aumenta número máximo de pessoas em grupo

22/01/2019
Depois dos táxis, Uber enfrenta,agora, a ira das empresas de ônibus

18/01/2019
Brasileiro usa cerca de 30 aplicativos nos smartphones

16/01/2019
Nova licitação do TaxiGov abre portas para apps e locadoras de veículos

20/12/2018
Aplicativo e drone auxiliam no combate ao desmatamento no Amapá

13/12/2018
Justiça manda Uber entregar dados de passageiro a motorista

10/12/2018
STF: Relatores dizem que é inconstitucional barrar apps de transporte

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site