Home - Convergência Digital

Distrito Federal proíbe entrada de relógios inteligentes nas prisões

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 14/01/2020

A Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, decidiu proibir a entrada de smartwatches, ou “relógios inteligentes”, durante visitas prisionais em seu território. A medida, segundo a Sesipe, ocorre após o sistema identificar a possibilidade de advogados dos internos viabilizarem que seus clientes façam ligações clandestinas por meio do dispositivo.

“Estamos tendo problemas com alguns advogados. Recebemos a informação de que muitos cobram valores altos aos internos para entrar com smartwatches que fazem ligações e troca de mensagens”, afirmou o subsecretário do órgão, Adval Cardoso.

Ainda de acordo com ele, foram tomadas “medidas imediatas para proibir a entrada desses dispositivos nas unidades prisionais, e nossa inteligência está sendo empregada para que não se repita no DF problemas semelhantes de outros estados”.

Além de ligações telefônicas — nacionais e internacionais — , os relógios inteligentes, que possuem acesso à internet, têm diversas outras funções. Entre elas, é possível visualizar e enviar mensagens de voz.

Com informações da Agência Brasília.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/02/2020
Tribunal de Justiça suspende regulamentação do Uber no Rio de Janeiro

13/02/2020
Na guerra do streaming, YouTube reina absoluto com 70% da atenção nos celulares

05/02/2020
Turma do TST nega vínculo de emprego entre Uber e motorista

03/02/2020
TJSP: iFood é responsável por furto cometido em entrega

03/02/2020
Fintechs, empresas de internet e consumidores pedem ajustes em regras do Open Banking

30/01/2020
Aplicativo do governo mostra devedores da União e FGTS

24/01/2020
Com apps ecológicos, equipes do Brasil vencem concurso da NASA

16/01/2020
Distrito Federal e Paraná aderem ao Táxigov, o app de transporte do governo

14/01/2020
Distrito Federal proíbe entrada de relógios inteligentes nas prisões

13/01/2020
Startup Grudi cria plataforma de serviços para o mercado imobiliário

Destaques
Destaques

Governo do Brasil ainda avalia restringir Huawei na implantação do 5G

MCTIC estuda a publicação de um novo Decreto, ou em forma de Portaria, com normas para cibersegurança específicas para o setor de telecomunicações. A estratégia Nacional de Segurança Cibernética, recém-lançada pelo Governo, tratou - de forma genérica- o tema 5G.

5G exigirá uso de requisitos mínimos de Segurança Cibernética

Tecnologia é apontada como 'uma revolução na comunicação de dados, no potencial de emprego de equipamentos de Internet das Coisas e na prestação de novos e disruptivos serviços".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site