Convergência Digital - Home

LGPD obriga as empresas a quebrar ‘silos de dados’

Convergência Digital
Ana Paula Lobo e Rafael Mariano - 25/06/2019

Os modelos tradicionais, mesmo com aplicação tecnológica, foram criando ilhas isoladas de dados dentro da mesma instituição. Mas isso tende a mudar com a transformação digital e, especialmente, com a entrada em vigor no País da Lei Geral de Proteção de Dados.

“O desafio que a LGPD traz para as empresas em geral, e em particular para as instituições financeiras, é quebrar os silos que existem dentro das organizações. É comum que por conta de investimentos históricos em tecnologia sejam geradas estruturas isoladas”, avaliou o diretor de Cibersegurança e Privacidade da Capgemini, Leonardo Carissimi, em entrevista concedida durante o CIAB Febraban.

São movimentos que vão exigir mudanças de diferentes atores no ecossistema. Especialmente para aqueles prestadores que não têm presença internacional e que, portanto, ainda não foram obrigados a incorporar obrigações previstas, especialmente, na General Data Protection Regulation da União Europeia. Assistam à entrevista com Leonardo Carissimi, da Capgemini.


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

IDC: mercado de nuvem pública vai chegar a R$ 15 bilhões em 2020

Mercado de TI brasileiro vai crescer 5,8% impulsioando pelos negócios de clóud computing e pela aceleração do mercado de software. Nuvem privada tem a preferência das grandes empresas e fica com até 25% do orçamento destinado à TI.

BRK Ambiental, CTG Brasil e Via Varejo aderem à nuvem na jornada digital

Empresas implementaram a plataforma SAP S/4HANA para sustentar a estrastégia digital. Os negócios de cloud tiveram forte impacto na receita da SAP Brasil.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desafios às empresas: Contêineres, Orquestração e Microsserviços

Por Lenildo Morais*

Com o padrão “multi-edge edge computing”, o tráfego e os serviços de TI mudam de uma nuvem centralizada para micro-nuvens espalhadas o mais próximo possível dos usuários. As operadoras terão que oferecer serviços sob demanda, e mesmo em tempo real, para atender a todos os tipos de aplicativos.

Você já pensou no impacto que os seus dados geram no planeta?

Por Gustavo Loiola*

Hoje, são milhares de data centers espalhados pelo Planeta. É engraçado pensar nisso quando hoje falamos da tal da “nuvem" que armazena os nossos dados. Tiramos uma foto? Vai para a nuvem. Postamos no Instagram? Vai para a nuvem. Netflix, Spotify, Deezer? O streaming também está na nuvem.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site