GESTÃO

Rio de Janeiro e Espírito Santo aprovam e greve na Dataprev atinge dez estados

Luís Osvaldo Grossmann ... 23/01/2020 ... Convergência Digital

Trabalhadores da Dataprev no Rio de Janeiro e no Espírito Santo aprovaram em assembleia nesta quinta, 23/1, a adesão à greve na estatal, que já atinge outros oito estados e será ampliada nos próximos dias com paralisação já aprovada em Sergipe, no Piauí e na sede, em Brasília. 

Regionais de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Norte realizam assembleias nessa sexta, 24/1, para também deliberar sobre o movimento, deflagrado contra 493 demissões já anunciadas pela estatal, que representam cerca de 15% dos funcionários. A paralisação também é contra a privatização da empresa. 

No início de janeiro, a direção da Dataprev anunciou o fechamento de 20 regionais da estatal – Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins – até o fim de fevereiro. 


Carreira
Empresa voltada à transformação digital abre 130 vagas

Posições em aberto na Compasso UOL são para desenvolvimento em Cognitive Services e Bots, Digital Commerce, IOT, Data Inteligence, RPA (Robotic Process Automation) e Cloud Computing.

Governo busca interesse dos órgãos federais em postos para carros elétricos

Acordo entre o governo federal e o governo do Distrito Federal já prevê a instalação de seis ‘eletropostos’, mas demanda pode aumentar esse número.

Governo chega à marca de 1 mil serviços públicos digitalizados

Desempenho mantém em curso a meta de digitalização total de 3,8 mil serviços até 2022. 

Intelit: Compras públicas têm de abrir espaço à inovação e às startups

O CEO da prestadora de serviços de TI, Lincoln dos Santos Pinto, observa que um processo de compra pública leva em torno de seis meses, o que atrasa a inovação. Sobre a venda do Serpro e Dataprev, lembra da LGPD e defende o Estado como tutor dos dados pessoais do cidadão.

Governo federal x sindicatos: Proibido o recolhimento da contribuição sindical dos servidores

Portaria publicada nesta segunda, 5/10, orienta sobre "impossibilidade de cobrança de contribuição sindical por parte do servidor público federal da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional".




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G