GESTÃO

Serviços digitais impõem transparência na relação do governo com o cidadão

Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos ... 06/03/2018 ... Convergência Digital

"Há um enorme campo para avançar na oferta de serviços digitais ao cidadão", frisa o presidente da Prodesp, Celio Bozola. Em entrevista à CDTV, do Portal Convergência Digital, o executivo lembra que o SP Serviços, a loja de aplicativos do Estado de São Paulo, já reúne 43 aplicativos e contabiliza 12 milhões de downloads, provando que o celular é o meio que mais avança para estreitar a relação do poder público com o cidadão.

Avançamos muito, mas temos que fazer mais e mais. Não é só levar serviço para o cidadão. É usar a tecnologia para aumentar a produtividade das secretarias. Otimizar o uso do dinheiro do cidadão paulista", observa Bozola. O presidente da Prodesp admite que o movimento dos governos, hoje, é muito semelhante ao feito pelos bancos há alguns anos.

"Estamos fazendo aplicativos para tirar o cidadão dos órgãos públicos com os bancos fizeram para reduzir o movimento nas agências bancárias", diz. Celio Bozola participará do painel Transformação Digital do Governo: mobilidade e nuvem, que acontecerá no 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, em Brasília, nos dias 14 e 15 de março. O presidente da Prodesp fala ainda sobre o impacto da nova lei das Estatais nas compras públicas. Assistam a entrevista.


Carreira
Justiça nega vínculo de emprego de motorista com Cabify

Magistrada do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo entendeu que o modelo de negócios por aplicativos tem características próprias e que não há subordinação entre as partes.

eSocial Web tem nova funcionalidade para as empresas

Uma nova funcionalidade foi implementada no eSocial: a possibilidade de bloquear o ambiente web para edição, ou seja, não permitir a inclusão, alteração, retificação e exclusão de eventos.

Governo expande eSocial para empresas do Simples e MEI até novembro

Mas quem tiver ajustado os sistemas e quiser ingressar já no novo regime, poderá fazer a partir de segunda-feira, dia 16/07. Para as demais empresas privadas do país - que possuam faturamento anual inferior a R$ 78 milhões – o eSocial torna-se obrigatório a partir da próxima segunda-feira (16/7).

Receita Federal: Certificado Digital só é exigido no eSocial de quem já tinha essa obrigação

Por meio de nota oficial, o Fisco esclarece que o novo regime não cria nenhuma obrigação extra para o contribuinte.

eSocial: Governo flexibiliza a entrega das micro, pequenas e MEIs

Resolução vai permitir a entrega dos dados até o fim de outubro para quem não conseguir enviar nas datas escalonadas de julho e setembro. Prazo para a entrega dos dados no novo regime começa no dia 02 de julho.

TST abre código-fonte de sistema desenvolvido para o eSocial

O regime fiscal passa ser obrigatório para o setor público a partir de 1º de janeiro de 2019. Tribunal levou um ano e meio para desenvolver o sistema e dedicou 12 servidores exclusivos. "É um recurso humano precioso e caro. Tem de trabalhar para toda a administração pública", afirmou o secretário de TI do TST, Humberto Magalhães Aieres.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G