Home - Convergência Digital

Brasil já contabiliza mais de 1 smartphone ativo por habitante

Ana Paula Lobo - 19/04/2018

O Brasil superou a marca de um smartphone por habitante e conta com 220 milhões de celulares inteligentes ativos, de acordo com a 29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), divulgada nesta quinta-feira, 19, em São Paulo.

A pesquisa, liderada pelo professor da FGV, Fernando Meirelles, indica que, até maio, o Brasil terá 306 milhões de dispositivos portáteis em uso. O número inclui smartphones, mas também notebooks e tablets, estes em queda livre na preferência do consumidor brasileiro. O levantamento mostra ainda que, até maio, o País terá 174 milhões de computadores no Brasil entre computadores de mesa, notebooks e tablets.

2017 foi um ano surpreendente para o levantamento, pontua Meirelles. Segundo ele, a expectativa- muito em função da crise econômica e política - era de uma queda nas vendas de equipamentos, mas a média ficou equivalente a 2016, com 12 milhões de PCs vendidos.

Para 2018, esse montante deve ser mantido. As vendas de desktops e notebooks registraram uma ligeira alta em relação a 2016. Em contrapartida, os tablets viraram produto de nicho e tiveram uma queda nas vendas.  Embora não possa afirmar que os 220 milhões de smartphones são usados também para a Internet, o levantamento da FGV/São Paulo, apura que 70% dos dispositivos portáveis conectados à internet em uso no País são celulares inteligentes.

"Os smartphones estão determinando uma ruptura nos modelos de negócios, especialmente, entre os jovens. Os aparelhos impulsionam um novo comportamento digital e impõem transformações", observa o responsável pela pesquisa, professor Fernando Meirelles. Em 2019, projeta o estudo, o Brasil terá 2 dispositivos por habitante, a partir do uso de computador, notebook, tablet e smartphone. Um resumo da pesquisa pode ser obtida aqui: www.fgv.br/cia/pesquisa


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/06/2020
Combo de telefone, internet e TV puxa inflação, diz FGV

04/06/2020
Com Covid-19, transformação digital acelera e exige atualização dos ERPs no Brasil

04/06/2020
Open Source perde cada vez mais espaço para o Windows nos servidores e some nos PCs

04/06/2020
Brasil soma 424 milhões de dispositivos digitais em uso. Smartphone é o rei

03/03/2020
Smartphones: Huawei abre distância da Apple e se aproxima da Samsung

07/02/2020
Apple é multada por reduzir desempenho de iPhones antigos

14/01/2020
Mercado cinza de celulares dispara 537% no Brasil

05/12/2019
Mercado cinza de smartphones explode e cresce 500% no Brasil

22/10/2019
Chinesa Xiaomi promete lançar 10 celulares 5G em 2020

25/09/2019
Celulares mais simples vendem como nunca no 2º trimestre

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site