Home - Convergência Digital

Henrico, da FS, é o bot para agilizar atendimento celular

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 15/12/2017

ara aprimorar o monitoramento de mídia, a FS, provedora de serviços de valor agregados, adotou uma ferramenta foi desenvolvida por um funcionário da empresa, Arthur Barros, que utilizou  a Tensorflow, uma biblioteca de Machine Learning de domínio público e gratuita do Google, e aplicou nela algoritmos de redes neurais convolucionais (convolutional neural networking). "A ideia desse algoritmo é que ele simule o córtex visual dos animais e com isso podemos ensinar o computador a relacionar imagens e situações a um produto específico como se fosse um mamífero ou réptil", explicou Arthur.

As pessoas sabem que uma caneta é uma caneta porque foi ensinado a elas desde criança que aquele objeto cilíndrico tem esse nome. E é isso que o Arthur fez durante a programação, ele ensinou ao computador a vincular a marca, logo ou assunto à FS e avisar quando algo relacionado à companhia fosse veiculado. O monitoramento pode ser feito em diversos canais e em qualquer horário. "Se antes a gente tinha limitação para acompanhar no máximo três canais, agora podemos saber tudo o que é divulgado sobre nossa marca em qualquer canal do mundo", completou Barros.

A ferramenta pioneira pode detectar desde um boné com a logo que passa no fundo da TV até uma reportagem sobre o lançamento de um produto. Quando algo é difundido, os computadores cadastrados recebem uma notificação e, em seguida, a íntegra da reportagem. "Isso nos possibilitou a avaliar se um comercial está realmente sendo colocado no ar, se o investimento que fizemos foi efetivo e também saber o que falam de nós e como falam", afirmou.

O executivo já projeta futuras ações para a ferramenta. "Agora pretendemos traçar uma estratégia para casar a impressão off-line junto com a on-line. Podemos pensar em aumentar a publicidade nos sites e mídias sociais quando algo sobre a FS for veiculado". Com as novas projeções a companhia conseguirá dimensionar o ROI off-line. Algo que era difícil de medir agora está mais tangível. 

Atendimento via bot

O Henrico é um assistente virtual que foi planejado tendo como base a Inteligência Artificial e o machine learning. Diferente dos outros sistemas de atendimento virtual, o da FS é assertivo e capaz de aprender as novas solicitações dos usuários. O atendimento via bot usado no site, no telefone e nas redes sociais funciona de maneira semelhante ao de monitoramento dos canais de TV.

Segundo Daniel Furtado, diretor de qualidade e gestão do cliente, eles ensinaram o sistema a entender as necessidades dos clientes e a interagir, auxiliando na utilização dos serviços e tirando dúvidas. Além disso, eles conseguiram padronizar as solicitações para traçarem um perfil dos problemas e dificuldades que os usuários enfrentavam para realizarem ações mais efetivas para que essas questões não voltassem a acontecer.

Essa forma de atendimento ajuda os consumidores a terem respostas mais ágeis e também propicia que os funcionários possam se aprimorar em assuntos mais complexos. "O tempo de espera por atendimento reduziu e nossa equipe conseguiu ter mais disponibilidade para se aprimorar, já que eles não precisavam ficar mais atendendo telefones e resolvendo questões de nível 1", explicou Daniel. E essa melhora no atendimento já foi reconhecida pelos usuários. Em uma pesquisa recente os consumidores avaliaram que o atendimento melhorou em até 30%.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/01/2018
Um em cada cinco trabalhadores dependerá da Inteligência Artificial

15/12/2017
Henrico, da FS, é o bot para agilizar atendimento celular

14/12/2017
Algar Tech cria a Duda, sua plataforma de Inteligência Artificial

04/12/2017
Na era dos Robôs, um quinto da força global de trabalho vai desaparecer

08/11/2017
Telefônica: Com inteligência artificial, tudo será diferente em Telecomunicações

01/11/2017
Um em cada três smartphones terá Inteligência Artificial nativa

27/10/2017
BIA, do Bradesco, atende 17 mil pessoas por dia no celular

22/09/2017
SENACON quer regular atendimento ao consumidor por Inteligência Artificial

04/09/2017
"Quem dominar a Inteligência Artificial vai ser líder do mundo"

01/09/2017
Arquiteto empresarial: o especialista da era digital

Destaques
Destaques

Teles projetam 100 milhões de 4G até o fim de 2017

Em outubro, a conta é de que já existiam 95 milhões de acessos em 4G, contra 92 milhões de 3G. Expectativa é de que o LTE represente 80% dos acessos em 2018.

Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

Para o Sinditelebrasil, preço dos aparelhos é barreira para os 36 milhões de usuários que ainda têm acessos GSM. Acessos 4G superaram os 3G em outubro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Que ninguém fique sem o sinal de TV digital

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em artigo exclusivo para o Convergência Digital, o presidente da Anatel e do GIRED, revela que a liberação do 700 Mhz atrai a atenção de outros países; aumenta a geração de empregos e acelera a inclusão digital com a massificação do 4G.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site