Home - Convergência Digital

Contribuição sindical: TRT enfrenta governo e desautoriza MP

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 09/04/2019

O Tribunal Regional do Trabalho está determinando a mais empresas de TI a fazerem o recolhimento da contribuição sindical em folha, contrariando a MP 873/2019, publicada pelo governo Jair Bolsonaro. A juíza Fernanda Zanon Marchetti determinou, por exemplo, que a empresa Cast Informática deve descontar todas as contribuições do Sindpd em folha. Segundo a decisão, o descumprimento vai gerar multa à empresa no valor diário de R$ 500 por empregado.

A juíza apontou que a MP 873/19 configura prejuízo para o custeio da entidade sindical, colocando em risco as suas atividades. Fernanda Marchetti também cita a presença de "pressupostos autorizadores da concessão da tutela de urgência". Outras empresas também estão tendo que cumprir ordem judicial. São elas, ADP Brasil, Bit Services Inovação e Tecnologia, Everis Brasil e Nalba Technology que estão obrigadas a descontarem, em folha de pagamento, as contribuições para o sindicato.

Estas se juntam a decisões anteriores, e de outras varas, que apontam que a Medida Provisória 873/2019, responsável por alterar a forma de cobrança da contribuição sindical, fere a Constituição Federal de 1988. Para as empresas ADP, Bit Service e Nalba, a juíza Fernanda Miyata Castello Branco, da 6ª Vara do Trabalho de São Paulo, usou as mesmas argumentações.

Na decisão, a juíza considera o papel social do sindicato e a fragilidade do sistema de custeio após a reforma trabalhista. Além disso, os custos de emissão e envio de boleto, conforme estabelece a MP, poderia causar inviabilidade econômica.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/08/2019
Governo inclui Serpro e Dataprev na lista de privatizáveis

21/08/2019
Telebras confirma que está à venda pelo Governo Bolsonaro

21/08/2019
Telebras vai ser privatizada pelo Governo Bolsonoro

20/08/2019
Governo unifica queixas contra INSS no consumidor.gov.br

25/07/2019
Ciência e Tecnologia fica sem dinheiro para pagar bolsistas

18/07/2019
Reciclagem: MCTIC lista plano de IoT e conexões do Gesac em metas de 200 dias

11/07/2019
MP da Liberdade Econômica altera Leis do Trabalho e decreta fim do eSocial

03/07/2019
Abinee:"O setor eletroeletrônico não é o responsável pelo custo Brasil"

02/07/2019
PGR impõe o uso do app próprio e-Space no lugar do WhatsApp e do Telegram

26/06/2019
Bolsonaro veta quarentena de um ano para indicados a agências reguladoras

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Agile reescreve a carreira do desenvolvedor de software

Ao mudar a entrega dos serviços – quebrando a prática dos longos projetos –, a metodologia também exige novos profissionais.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site