INTERNET

Provedores Internet ficam à frente da Oi e somam 6,249 milhões de conexões

Ana Paula Lobo* ... 31/01/2019 ... Convergência Digital

O Brasil fechou o ano de 2018 com 31,05 milhões de contratos ativos no serviço de banda larga fixa de acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No ano passado, houve um incremento de 2,14 milhões de assinaturas no serviço (+7,41%). Em relação à novembro de 2018, dezembro registrou uma diminuição de 149,38 mil contratos (-0,48%).

Pelos dados da Anatel, os provedores Internet responderam por 6,2 milhões dos acessos ativos no ano passado, o que os manteve à frente da Oi, perdendo apenas para Vivo e  Claro, que com a NET, contabilizou 9,36 milhões de acessos. Segundo os dados da Anatel, o Grupo Claro detém 30,15% do market share, com 9,36 milhões. A Vivo aparece com 7,58 milhões, ou 24,41% e a Oi desponta com 5,99 milhões, ou 19,31%. Os numeros mostram que, exceção da Claro que adicionou 467,01 mil contratos, as demais tiveram desativações - Oi com 309,92 mil e a Vivo com 5,37 mil.

A maior base no Brasil ainda é a de acessos entre 2 Mbps e 12 Mbps, com 9,772 milhões de conexões. Mas a velocidade acima de 34 Mbps, consideradas "ultra banda larga", registrou um forte crescimento e encerrou o ano com 8,099 milhões de acesso. A fibra óptica avança e chegou a 5,593 milhões de conexões ativas em dezembro. O xDSL segue sendo o meio mais usado para a banda larga fixa com 12,230 milhões de conexões ativas, mesmo com a tendência de desligamentos - foram quase 1 milhão no ano passado. Já  a tecnologia de cabo fechou 2018 com 9,428 milhões de acessos.

Nos doze meses do ano passado, com exceção de Rondônia e Roraima, todos os outros estados brasileiros registraram crescimento no serviço de banda larga fixa. O maior aumento de contratos ativos foi no estado Amazonas, mais 39,01 mil linhas (13,83%), seguido da Paraíba com mais 38,97 mil (+13,43%) e do Ceará com mais 98,42 mil (+13,31%). O estado de Rondônia teve uma diminuição de 0,5 mil contratos (-0,37%) e Roraima menos 0,9 mil (-2,60%).


Eduardo Neger é o novo presidente da Abranet

Ele assume para o biênio 2019/2021 e a posse da nova diretoria está marcada para o começo de abril. Eduardo Parajo, que estava à frente da entidade, ficou com a vice-presidência.

Abrafix vai ao STF contra Lei do Rio de Janeiro sobre interrupção de telefone e internet

A Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix) ajuizou ação contra a Lei 8.099/2018, que obriga as concessionárias de serviços públicos essenciais a informar em tempo real a interrupção de seus serviços. Entidade ressalta que a competência para legislar sobre telecom é da União.

STJ decide que é ilegal cobrar taxa de conveniência para ingressos online

Julgamento da 3ª turma do Superior Tribunal de Justiça tem validade em todo o território nacional.

PayPal quer ter voz de comando no Mercado Livre

Empresa norte-americana quer comprar US$ 750 milhões em ações ordinárias do empresa de comércio eletrônico, que quer receber um aporte de US$ 1 bilhão para 'expandir a plataforma de comércio eletrônico'.

Candidata presidencial nos EUA quer tirar poder da Amazon, Google e Facebook

Senadora do partido Democrata por Massachusetts, e em campanha para enfrentar Donald Trump no ano que vem, Elizabeth Warren defende transformar as grandes plataformas da internet em “utilities” e  desfazer fusões e compras.

Revista Abranet 26 . nov-dez 2018 / jan 2019
Veja a Revista Abranet nº 26 Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G