Home - Convergência Digital

Plataforma open source dojot, do CPqD, se integra à rede IoT da WND Brasil

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 19/02/2018

A plataforma aberta dojot, desenvolvida pelo CPqD com o objetivo de facilitar a criação de aplicações de Internet das Coisas (IoT) está integrada à rede pública de conectividade com tecnologia Sigfox - que está sendo implantada no país pela WND Brasil.

Essa integração é um dos objetivos principais do acordo firmado entre o CPqD e a WND, em 2017, visando a aceleração da oferta de soluções IoT baseadas no uso de redes dedicadas, com infraestrutura de baixo custo e arquitetura otimizada para o envio de mensagens curtas pelos dispositivos conectados.

"A rede da WND Brasil hoje já atende a praticamente todas as capitais brasileiras, além de estar disponível também em 70% dos municípios com mais de 200 mil habitantes. Já são cerca de 120 milhões de pessoas atendidas. A rede segue sendo ampliada em regiões que permitam o desenvolvimento de aplicações em diversos setores da economia brasileira", afirma Alexandre Reis, COO do Grupo WND.

"Com a integração com a dojot, os diversos dispositivos conectados a essa rede já podem se comunicar com aplicações IoT baseadas nessa plataforma aberta, que está sendo adotada por várias empresas e desenvolvedores de soluções", explica Maurício Casotti, responsável de Marketing da dojot no CPqD.

Construída com base em ferramentas open source, a plataforma possui código aberto, o que estimula a inovação aberta e facilita a construção de um ecossistema voltado à oferta de soluções IoT adequadas à realidade brasileira. "Esse é, justamente, o objetivo do trabalho realizado em parceria com a WND, ao integrar a dojot aos dispositivos que utilizam o padrão de conectividade Sigfox", acrescenta Casotti.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

29/11/2018
Amazon prepara rede privada de LTE na nuvem na faixa de 3,5 GHz

29/11/2018
Parque Tecnológico Itaipu adota plataforma dojot para Internet das Coisas

23/11/2018
IoT se transforma em aplicação crítica para o negócio da Engemix

19/11/2018
Inteligência artificial, 5G e novos chips vão turbinar internet das coisas

08/11/2018
TIM ativa rede para Internet das Coisas em Minas Gerais

06/11/2018
BNDES, Senai e Embrapii destinam R$ 15 milhões para IoT na indústria

06/11/2018
Internet das Coisas exige imposto zero no Brasil

06/11/2018
Autoridade nacional de dados é fundamental para IoT

19/10/2018
Só com conectividade, teles não vão ganhar dinheiro com IoT

18/10/2018
Sigfox vai fabricar módulo de IoT no Brasil para reduzir custo dos dispositivos

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site