Home - Convergência Digital

Brasil segue tímido nas ações de fomento à Internet das Coisas

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 03/12/2018

O Brasil segue muito tímido nas ações de fomento à Internet das Coisas, lamenta o diretor da Associação Brasileira da Indústria Elétrica Eletrônica (Abinee), Francisco Soares. Segundo ele, é mais do que hora de o Plano Nacional de Internet das Coisas - à espera de sanção presidencial desde maio - sair do papel.

"Precisamos saber o que está desenhado como estratégia de governo. No mundo, são os fundos governamentais que estão impulsionando IoT. No Brasil, há ações do BNDES, mas elas ainda são muito tímidas", observa Soares.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o 5G Global Event, realizado pela Telebrasil, nos dias 28 e 29 de novembro, no Rio de Janeiro, o diretor da Abinee falou ainda de pontos críticos e urgentes: a certificação de produtos e as patentes.

"Certificação de bilhões de objetos conectados não pode ter o processo de hoje. E sobre patentes: milhares de aplicações vão surgir. E o Brasil é muito lento para registrar patentes. Vai perder a oportunidade?", indaga. Assistam à entrevista com o diretor da Abinee, Francisco Soares.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/03/2019
Anatel incluiu a faixa de 26GHz no leilão do 5G

11/03/2019
4G da Oi leva Internet e comunicação à estação brasileira da Antártica

11/03/2019
Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

07/03/2019
5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

07/03/2019
Preço alto e falta de celulares levam Coreia a adiar lançamento do 5G

01/03/2019
Korea Telecom: 5G reconstrói os negócios com o mercado B2B

01/03/2019
Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

27/02/2019
5G em faixa milimétrica trará pelo menos R$ 37 bilhões ao Brasil até 2024

27/02/2019
Anatel agenda leilão do 5G para março de 2020

26/02/2019
MCTIC fará mudanças no Plano Nacional de IoT

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site