TELECOM

Oi reage e Conselho de Administração rejeita rumores de intervenção

Ana Paula Lobo* ... 19/08/2019 ... Convergência Digital

A Oi assegura que o Plano Estratégico da companhia, anunciado no dia 16 de julho, está sendo seguido à risca e com a supervisão direta da Anatel e do Juízo Recuperacional. O conselho de Administração da operadora soltou no final da noite de sexta-feira, 16/08, um comunicado ao mercado após ser cobrado pela Bovespa/R3 sobre a situação da empresa.

Na semana passada, duas reportagens feitas pelo jornal O Estado de São Paulo davam conta que a situação financeira da Oi seria muito preocupante e que a 'queima do caixa' deixaria a operadora sem recursos em pouco tempo, o que estaria acelerando uma possível intervenção da Anatel. A agência reguladora soltou nota oficial negando esta possibilidade de imediato. Mas houve impacto nas ações da companhia com uma perda de até 30%.

Na nota oficial encaminhada à CVM, a Oi enumera os seus pontos de ação no processo de recuperação judicial:

1)Como divulgado em 16 de julho do corrente ano, a Companhia apresentou seu Plano Estratégico com diversas frentes de execução, envolvendo ações de curto, médio e longo prazo.

2) Dentre essas frentes se destacam o foco em investimentos em fibra e a recuperação do posicionamento da Companhia em várias áreas chave, incluindo FTTH, B2B, Atacado e a geração de valor estratégico com as Operações Móveis.

3) Foram destacadas também as ações de geração de liquidez, incluindo venda de ativos não estratégicos e um amplo programa de redução de custos através de ações de transformação estrutural da Companhia.

4) Como parte deste processo, a Diretoria e o Conselho de Administração da OI S.A. têm interagido em todas as esferas de acompanhamento do Plano Estratégico, incluindo a Anatel e o Juízo Recuperacional, a fim de dar total transparência a suas ações e planos para assegurar o futuro da Companhia, bem como têm tomado providências que visam garantir a execução do Plano Estratégico, com o apoio de todas as entidades necessárias.

5) Nesse sentido, é importante ressaltar, como já mencionado em nota da própria Anatel, que não existe nenhuma discussão diferente do acompanhamento já sendo realizado, e que não existe dissenso quanto ao foco na execução do Plano Estratégico.

6) Como mencionado durante divulgação de resultados do último trimestre, a Companhia está particularmente focada na execução do plano de venda de ativos e geração de liquidez de curto prazo, os quais possam sustentar a execução de seu plano de investimentos, e está atuando em múltiplas frentes para implementar esse objetivo.

7) Adicionalmente, o Conselho de Administração entende que podem e devem ser analisadas diversas opções para garantir a sustentabilidade dos investimentos da companhia, e que está focado nessa análise, considerando amplas ações que passam não apenas pela venda de ativos não estratégicos, mas também pela potencial utilização de instrumentos de captação de dívida estruturada / garantida, aceleração das ações de redução de custos de curto prazo e pela modulação e adequação dos investimentos em Capex, com foco nas áreas prioritárias.

8) Reiteramos nossa confiança na solidez e coerência do Plano Estratégico apresentado e no direcionamento de todos os esforços da Companhia, com o apoio do Conselho de Administração e dos demais stakeholders, para possibilitar o cumprimento de todas as ações previstas na execução do Plano Estratégico e de Transformação já devidamente apresentado ao mercado.”


Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2019.
Oi S.A. – Em Recuperação Judicial
Carlos Augusto Machado Pereira de Almeida Brandão
Diretor de Finanças e de Relações com Investidores


Internet Móvel 3G 4G
TVs defendem migração da banda C para Ku e calculam custo em R$ 2,9 bilhões

Abratel, que representa Record e Rede TV!, apresentou formalmente à Anatel uma proposta de migração das transmissões como forma de evitar a interferência do uso da faixa de 2,5 GHz nas antenas parabólicas.  

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Força-tarefa da Anatel interrompe 25 emissoras clandestinas em São Paulo

Operação estava interferindo no controle de tráfego aéreo do aeroporto de Guarulhos. Também foram desmantelados 20 pontos onde a energia elétrica que alimentava os equipamentos de transmissão era furtada, com apreensão de cerca de uma tonelada de cabos de energia, em conjunto com a distribuidora local.

Prazo para questionar serviço não contratado de telefonia é dez anos

Superior Tribunal de Justiça entendeu que se aplica o artigo 205 do Código Civil. Seguindo o voto do relator, ministro Og Fernandes, a Corte aplicou ao caso o entendimento que resultou na Súmula 412 para as tarifas de água e esgoto.

Juiz manda CVM investigar compra e venda de ações da Oi

O juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, afirma na ordem encaminhada à Autarquia Federal que é 'preciso que se tentha conhecimento de toda e qualquer forma de capitação especulativa".

Procon-SP multa Sky em R$ 2,9 milhões por publicidade enganosa

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, a operadora também efetuou cobranças de taxas de licenciamento do software, segurança de acesso e de locação de ponto adicional que são ações proíbidas pela Anatel.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G