GESTÃO

Brasil Cidadão: cadastro único é exigência para formalizar o MEI

Convergência Digital* ... 07/05/2019 ... Convergência Digital

Está ativada a plataforma Brasil Cidadão. O novo portal de serviços do Governo é uma forma de cadastro único que permite acesso a serviços públicos digitais. Para o empreendedor, trata-se de uma nova exigência para formalização do MEI. Além de praticidade e agilidade para cidadãos e empresários, os serviços digitais reduzirão em até 97% o custo para o governo e eliminarão muitas das dificuldades enfrentadas atualmente no atendimento presencial.

Segundo a analista do Sebraee, Helena Rego, a ideia do governo é criar uma realidade adaptada à transformação digital. “Para o microempreendedor individual, é necessário apenas realizar um passo rápido de cadastro para que seu negócio seja formalizado, permitindo também acesso aos serviços do governo que em breve estarão concentrados na plataforma digital”, explica.

Além dos serviços da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), outros serviços de diversos órgãos já estão em processo de migração para a plataforma, garantindo mais funcionalidade para cidadãos e empresários. Assim, de agora em diante, para se formalizar como MEI, é necessário acessar o Portal do Empreendedor para que o cadastro na plataforma seja realizado. Basta clicar em “fazer cadastro” e preencher as informações que forem solicitadas em seguida. Após a inscrição no Portal, a formalização segue os mesmos procedimentos anteriores.

MEI’s já formalizados não precisam realizar o cadastro no Brasil Cidadão. Porém, se desejarem explorar a plataforma para obterem mais informações sobre os benefícios, o acesso e inscrição são liberados para todo o público. “Acreditamos que, no futuro, o cadastro seja exigido para todos os MEI’s, tantos os novos como os já existentes. Dessa forma, o Sebrae acredita ser interessante a navegação pelo portal, até mesmo para passar a acessar os serviços integrados na plataforma”, finaliza Helena.

A “Plataforma de Autenticação Digital do Cidadão - Brasil Cidadão” faz parte do contexto da Cidadania Digital, instituída pelo Decreto 8.936/2016, com o objetivo de ampliar e simplificar o acesso aos serviços públicos digitais. De acordo com o Governo Federal, com apenas um cadastro, o cidadão poderá ter acesso, no Portal de Serviços do Governo Federal, aos diversos serviços públicos digitais, sem precisar se deslocar, permanecer em filas, imprimir ou autenticar documentos.


Banco Votorantim transcreve 60 mil ligações para melhorar análise de informações

Meta é transcrever 120 mil ligações até o final do ano como objetivo de governança de dados para a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, revela André Mattos, líder de Engenharia de Dados da instituição financeira.

Congresso derruba veto que impedia readmissão de excluídos do Simples

As pequenas empresas excluídas do Simples Nacional por inadimplência poderão retornar ao programa se aderirem a um plano específico de regularização tributária.

MEI: prazo para entrega da declaração anual do Simples termina hoje, 31/05

Quem perder o prazo pagará multa de R$ 50 ou 2% dos tributos devidos, prevalecendo o maior valor.

Governo cria chatbots para reduzir R$ 3 milhões por ano com call center

Depois da LIA, para compras públicas, a secretaria de gestão do Ministério da Economia apresenta ISIS, a nova assistente virtual para auxiliar estados e municípios a lidar com repasses e convênios. “Vamos ter economia de pelo menos R$ 1,5 milhão com cada uma”, afirma o secretário Cristiano Heckert.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G