GESTÃO

Serpro vai adotar prazos de rescisão contratual no desconto sindical

Convergência Digital* ... 25/03/2019 ... Convergência Digital

O governo federal reforçou a proibição de desconto em folha das contribuições sindicais com um novo Decreto presidencial (9.735/19), ao bloquear essa possibilidade no pagamento dos servidores públicos. Para tanto, Jair Bolsonaro revogou dois trechos da regulamentação da gestão das consignações.

“Entendemos que o governo não deve interferir na relação entre os servidores públicos federais e entidades, associações ou fundações representativas de classe. A operação deve se dar a partir da relação servidor-entidade, reforçando o caráter voluntário da contribuição e a representatividade dessas instituições”, afirma o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, Wagner Lenhart.

A Secretaria orienta os servidores a procurarem as suas entidades representativas para verificar as formas de pagamento que serão disponibilizadas. Segundo a SGP, “a entidade sindical que tiver contrato com o Serpro terá o prazo de rescisão contratual respeitado”.

O novo ato revoga dispositivos do Decreto nº 8.690, de 11 de março de 2016, que dispõe sobre a gestão das consignações em folha de pagamento no Poder Executivo federal. Esta mudança foi necessária, uma vez que a MP nº 873/19 alterou o art. 240 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, que permitia o desconto em folha sem ônus para a entidade sindical.

A partir de agora, não podem ser considerados descontos a contribuição paga pelo servidor ao sindicato. Além disso, os pagamentos em favor de fundação ou associação que tenha por objeto a representação ou prestação de serviços a seus membros não podem mais ser consignadas em folha de pagamento.

* Com informações do Minsitério da Economia


Carreira
Telefônica vincula 15% do salário variável dos executivos a indicador de confiança dos clientes

Metas de 2019 terão como base o Net Promoter Score, que avalia a probabilidade dos clientes recomendarem os serviços da empresa. Atualmente, 1.650 gestores e especialistas no Brasil são elegíveis ao programa de bônus Executivo Global da Telefônica.

INSS conclui a revisão de 10 milhões de eventos no eSocial

Segundo o órgão, apenas 40 empresas de um total de 1.400 inicialmente retidas ainda estão com pendências.

Uber assume o serviço do governo federal TaxiGov, mas em contrato temporário

Desde o dia 25 de abril, o Uber é responsável pelo serviço TáxiGov, que já atendeu cerca de 15 mil servidores e colaboradores do governo federal. Licitação para a contratação pelo período de um ano está em curso, diz a secretaria de gestão do ministério da Economia.

Imposto de Renda: mainframes do Serpro operaram com pico de 89,6% de capacidade

Estatal, responsável pelo recebimento das declarações, disse que o tempo de resposta dos programas ficou em torno de 0,02%. O processamento total dos documentos recebidos termina nesta sexta-feira, 03/05.

Ministério Público regulamenta uso do WhatsApp para intimações judiciais

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) regulamentou o uso do WhatsApp para intimações de processos que tramitam no órgão e no Ministério Público.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G