Home - Convergência Digital

TIM quer leilão 5G o quanto antes e rede legada única para o 2G

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 20/02/2019

A TIM quer que o leilão do 5G aconteça o mais rápido possível para suprir o que chamou o presidente da operadora, Sami Foguel, de uma 'lacuna de concorrência mais saudável por serviços e não por preço". A posição da tele diverge das rivais, que não se mostram tão atraídas pelo leilão da frequência antes do final de 2020.

"O ideal é que o lelião aconteça em no máximo um ano, para termos mais um ano para a implementação da rede e dos serviços", observou Foguel, que nesta quarta-feira, 20/02, participou da teleconferência de resultados do quarto trimestre de 2018 da TIM Brasil, com analistas e jornalistas. A reclamação sobre o nível de concorrência foi mais forte com relação ao pré-pago. O presidente da TIM classificou a disputa 'como muito agressiva e à beira de uma guerra de preço, não endossada pela operadora". No pós-pago - onde o 5G se insere - a disputa foi classificada como muito mais 'saudável'.

O vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM Brasil, Mario Girasole, reforçou que o Brasil precisa ter uma abordagem racional sobre o 5G. Segundo ele, é claro que não se pode perder a ocasião - ou seja o momento da chegada a nova infraestrutura - mas também é um risco não manter a racionalidade para permitir que se crie um modelo que incentive ao setor e a produtividade do Brasil.

Com relação ao uso das frequências, o CTIO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville, descartou a ideia de as redes 2G e 3G terem um desligamento a curto prazo. Segundo eles, são tecnologias cada vez mais periféricas, mas não está claro quando elas serão desligadas. A TIM, inclusive, sugere uma rede legada única - com acordos de compartilhamento com as demais teles - para reduzir as ineficiências e custos desnecessários.

Já o refarming da faixa de 2,1GHz, do 3G, começou e se mostra bastante interessante, especialmente, em alguns Estados como Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. "Estamos tentando trabalhar na faixa também em São Paulo. O refarming permite capturar mais tráfego em 4G e, hoje, 76% do tráfego do 4G são dados, mas também teremos muita chamada de voz, com o VoLTE, que já conta com 12 milhões de assinantes", completou Capdeville.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/03/2019
TIM ativa rede NB-IoT com alcance de 100 Km em Goianésia, interior de Goiás

07/03/2019
5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

07/03/2019
Preço alto e falta de celulares levam Coreia a adiar lançamento do 5G

01/03/2019
Korea Telecom: 5G reconstrói os negócios com o mercado B2B

01/03/2019
Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

27/02/2019
5G em faixa milimétrica trará pelo menos R$ 37 bilhões ao Brasil até 2024

27/02/2019
Anatel agenda leilão do 5G para março de 2020

26/02/2019
Inglaterra testa transmissão de rádio ao vivo por 5G

21/02/2019
Anatel multa Oi por segurar R$ 8 milhões da TIM por um ano

21/02/2019
TIM projeta investir R$ 12,5 bilhões entre 2019 e 2021

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site