Home - Convergência Digital

Inatel promove hackathon para simular ataques hackers às redes de Telecom

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 15/08/2019

O curso de Engenharia de Telecomunicações do Inatel promove pela primeira vez para alunos da instituição - localizada em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas Gerais, um desafio onde o objetivo é a proteção de ataques e invasões de hackers. O desafio será um dos destaques da Semana das Telecomunicações deste ano que trará em sua edição diversas discussões e debates sobre a segurança cibernética. A Semana contará ainda com palestras, workshops e minicursos entre os dias 19 a 24 de agosto.

A competição de Cyber Security, denominada de CTF_Inatel Telecom Challenge, será realizada no sábado, dia 24 de agosto e fará com que os alunos aprendam e testem seus conhecimentos sobre segurança de redes de telecomunicações e invasão de sistemas em um ambiente controlado. Os alunos terão que resolver na prática quatro desafios que envolverão simulações de invasão a redes de comunicações privadas.

Com a realização do desafio, os alunos poderão vivenciar na prática a proteção destas redes contra ataques, ameaças, violações e o uso não autorizado de dados. Os alunos participantes do CTF_Inatel Telecom Challenge concorrerão a prêmios. O primeiro colocado será contemplado com uma participação na iniciação científica no novo laboratório do Inatel, o CS&I Lab, do curso de Engenharia de Telecomunicações, voltado ao desenvolvimento de estudos e pesquisas em Cyber Security e Internet das Coisas – IoT. As inscrições são exclusivas para os alunos do Inatel.

Para o Prof. Marcelo Marques, Coordenador do curso de Engenharia de Telecomunicações do Inatel e Coordenador geral do CS&I Lab, a promoção de uma competição como esta, em que o aluno aprende, aplica e testa seus conhecimentos em uma simulação real dos aspectos relacionados a cyber segurança das redes de telecomunicações, possibilita não só um grande aprendizado, mas também, uma formação diferenciada ao aluno, levando-o a se destacar no mercado de trabalho.

Programação completa

A Semana das Telecomunicações também contempla muitas palestras, paineis e minicursos. As atividades desta edição foram divididas em trilhas. A cada dia, o participante poderá participar de ações voltadas para os temas de Simulação Eletromagnética, Conectividade Óptica de alto desempenho, Software na Engenharia de Telecomunicações e a Segurança Cibernética.

A participação nas atividades da Semana das Telecomunicações é aberta ao público. Para a participação nos minicursos os interessados devem se inscrever pelo site oficial da semana. Para as demais participações não há necessidade de inscrições. A programação completa da Semana pode ser consultada em www.inatel.br/semanadatelecom.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/08/2019
Inatel promove hackathon para simular ataques hackers às redes de Telecom

12/07/2018
Custo de dado roubado ou perdido no Brasil fica, em média, em R$ 268

14/11/2017
PF deflagra Operação Backbone e desarticula quadrilha na TI da Caixa

17/08/2017
Backdoor em software rouba dados de centenas de empresas. Brasil é um dos alvos

20/06/2016
Ataques direcionados tiram o sono dos gestores de rede

18/05/2016
Nove em cada 10 empresas no Brasil admitem violações graves na segurança

26/01/2015
Crimes em TI: não negligencie a atualização dos software

07/01/2015
Governo cria programa para inovação na área de defesa cibernética

16/12/2014
2015 será mais um ano difícil para a Segurança da Informação

16/12/2014
Governo tira estímulo ao software livre de norma sobre Segurança da Informação

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site