GOVERNO

Serpro quadruplica receita e se elege como 'parceiro preferencial' do Estado

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/03/2019 ... Convergência Digital

O Serpro divulgou nesta segunda-feira, 18/3, seu resultado operacional em 2018 e registrou lucro de R$ 459,7 milhões, ou 273% superior aos R$ 123 milhões de 2017. É o terceiro resultado positivo consecutivo da estatal, que prevê uma contínua parceria como desenvolvedora de soluções digitais ao governo federal, apesar de estar com a espada na cabeça para ser privatizada, conforme o plano do Ministério da Economia.

“Temos a certeza que continuamos como o parceiro preferencial do Estado brasileiro na implementação de soluções digitais que viabilizam a execução de políticas públicas para o desenvolvimento do país, cumprindo a nossa missão de conectar governo e sociedade”, aponta o relatório da administração.

O desempenho efetivo foi ainda mais favorável do que a estatal projetava em novembro, quando divulgou um balanço preliminar dos resultados financeiros – na época, estimava o lucro de 2018 em R$ 191 milhões. A empresa terminou 2018 com 9,2 mil empregados.

Segundo o relatório, o faturamento no ano passado foi 11,99% superior a 2017 e bateu nos R$ 3,28 bilhões. A maior parte (R$ 2,98 bi) são receitas aos tradicionais clientes e na oferta de soluções ao governo, o que inclui os programas para a Receita Federal, mas também novas aplicações como a carteira de motorista eletrônica.

No entanto, a estatal destaca como sucesso de diversificação aquilo que chama de linha de serviços de informação (R$ 154,2 milhões) e serviços de nuvem (R$ 144,7 milhões) que juntos representaram mais de 10% do faturamento global da empresa no ano passado.

“A diversificação da carteira de clientes contribuiu para o alcance desse faturamento, possibilitando o aumento da representatividade de clientes não dependentes do Orçamento Geral da União de 4,60% em 2017, para 12,49%. Verificou-se, ainda, aumento da efetividade do desenvolvimento de soluções multiclientes, que superou a meta em 13,16%”, diz o relatório.

Paralelamente, houve um recuo de 4,5% nas despesas operacionais, particularmente (4,2%) em pessoal e benefícios, muito por conta do sistema de incentivo Ação de Preparação para Aposentadoria. Houve ainda queda de despesas judiciais e uma redução de 17,30% das despesas de locação de software e de hardware. 



Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G