GOVERNO

Órgãos públicos centralizam atendimento de ouvidorias em um único portal

Convergência Digital* ... 10/09/2018 ... Convergência Digital

Todos os órgãos públicos federais da administração direta, inclusive autarquias e agências reguladoras, deverão unificar seus canais de comunicação relacionados às atividades de Ouvidoria em um único portal, o e-Ouv. É o que prevê um novo Decreto (9.492/2018), que prevê um ano de prazo para adaptação.

A regra abrange todos os órgãos da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, além de estatais que prestem serviços públicos e que recebem recursos do Tesouro Nacional para o custeio de despesas gerais ou de pessoal. O órgão central desse novo sistema será a Controladoria Geral da União.

Atualmente são 386 unidades de ouvidoria federais. A ideia é que elas passem a ficar disponíveis em um só endereço, obrigatoriamente a plataforma e-Ouv, para receber, analisar e responder manifestações dos usuários de serviços públicos, como denúncias, reclamações, solicitações, sugestões, elogios e solicitações de simplificação.

Também devem ser uniformizados prazos e procedimentos no trâmite das manifestações. Caso a Ouvidoria já utilize sistema próprio, provisoriamente poderá manter os dois sistemas em uso, mas isso exige comunicação prévia com a Ouvidoria-Geral da União, parte da CGU.

* Com informações da CGU


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Dataprev registra aumento de 10% no lucro e alcança R$ 151 milhões em 2018

Segundo relatório da administração, receitas cresceram 2,9%, enquanto os custos subiram 2%. Investimentos chegaram a R$ 182 milhões. Maior parte dos recursos foi gasto em segurança da Informação e nas licenças Oracle. Governo deve quase R$ 400 mil reais à estatal.

Ex-VP de TI da Vivo assume comando da Dataprev

Christiane Edington, que ficou oito anos à frente da área de tecnologia da operadora, tomou posse na quinta, 28/2, durante reunião do conselho de administração da estatal.

Telebras vai agir para ser lucrativa e não ser vendida no Governo Bolsonaro

“Queremos implantar parcerias e empreender novos ritmos, com metas atingíveis e consolidar o nome da Telebra”, afirmou o novo presidente da estatal, Waldemar Ortunho Junior, em primeiro encontro com funcionários. Ministro Marcos Pontes participou da reunião.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G