GOVERNO

Bolsonaro escolhe empresário para comandar agenda de privatizações

Luís Osvaldo Grossmann* ... 23/11/2018 ... Convergência Digital

A equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou nesta sexta, 23/11, que o empresário Salim Mattar, dono da locadora de veículos Localiza, aceitou convite para assumir a Secretaria Geral de Desestatização e Desimobilização, que será parte do novo Ministério da Fazenda, pilotado por Paulo Guedes.

“O empresário Salim Mattar aceitou o convite do futuro Ministro da Economia, Paulo Guedes, para assumir a Secretaria Geral de Desestatização e Desimobilização, que será criada como parte da estrutura do Ministério da Economia no novo governo.”, diz nota da assessoria do futuro ministro.

Neto de libaneses, Mattar, que foi office boy e trabalhou em armazém até ser dono da sua empresa, fundou a localiza quando tinha 24 anos. Hoje é presidente do conselho de administração da empresa, que se tornou a maior do ramo na América Latina. A nota do futuro governo também menciona que o empresário é integrante do Instituto Millenium, fundado por Paulo Guedes para promover o liberalismo econômico.

A agenda de privatizações é colocada como uma frente importante do novo governo. Nesta mesma sexta, o indicado para presidir o Banco do Brasil, Rubem de Freitas Novaes, afirmou que “a orientação é eficiência, enxugamento e privatização do que for possível”, o que vale portanto também para unidades do banco público.

Quem acompanha a nova equipe econômica já ouviu que a ideia é promover o máximo de privatizações, para que algo seja efetivamente desestatizado. A lógica aí é de que se o governo anunciar uma ou outra privatização, o sucesso será muito pequeno ou inexistente. E que o discurso de vender todas, utilizado pelo próprio Paulo Guedes durante a campanha eleitoral, ajudará na alienação de pelo menos um terço das estatais.

“Eu defendo privatizar tudo mesmo. O meu papel é sugerir tudo”, afirmou à época o futuro ministro da economia. Entre os alvos os mais comumente citados são Petrobras, Eletrobrás, Correios, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil. Quando perguntado se estatais como Serpro, Dataprev e Telebras estariam também na lista, Guedes mantém o discurso de que “todas estão”.

* Com informações da Agência Brasil


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

MCTIC vai cruzar dados com a Receita em novo formulário da Lei do Bem

Segundo a diretoria de apoio à inovação da pasta, foco do novo FORMP&D é a segurança. “Ideia é assegurar que quem está prestando os registros são os representantes dessas empresas”, diz a diretora Adriana Martin.

Serpro e Dataprev unificam mais de 22 milhões de contas de brasileiros

Usuários, agora, terão um único login para acessar a plataforma gov.br e as mais de 80 soluções disponíveis de governo digital, entre elas, INSS e ComprasNet. Acesso ao portal poderá ser feito por CPF, senha e certificado digital A3, que serve para pessoas físicas e jurídicas.

Operações com criptomoedas terão que ser informadas à Receita

Nova instrução normativa da Receita exige informações quando as operações com ‘criptoativos’ ultrapassarem os R$ 30 mil mensais. No valor  de mercado desta terça-feira, 07/05, um bitcoin vale US$ 5.940,00, ou R$ 23.760. Ou seja, brasileiro com 2 bitcoins terá de prestar contas com o Fisco.

Reforma Tributária só acontece se for 'fatiada' com governo à frente

A afirmação é do presidente da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária do Congresso Nacional, deputado Luis Miranda, do DEM/DF. "Não dá para crer que governo federal, estados e municípios façam a reforma unificada", diz.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G