TELECOM

Governo e Anatel são cruciais para destravar a aprovação do Marco de Telecom

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 25/04/2019 ... Convergência Digital

A demanda pelos serviços de telecomunicações mudou e a legislação setorial precisa acompanhar a realidade do mercado, defende a vice-presidente de assuntos corporativos da Telefônica, Camilla Tápias. Ao discutir como promover a transformação digital no país durante o Brasscom Técforum, a executiva destacou a necessidade de aprovação do projeto de lei 79/16, que altera o marco legal das telecomunicações.

“Temos barreiras legais que nos impedem de transformar em investimento produtivo, que a sociedade demanda, e nos mantém investindo em telefonia fixa, que não é mais o que a sociedade demanda. A legislação está atrasada em relação ao que a sociedade demanda. Precisamos destravar essas barreiras legislativas. Temos muitas obrigações que demandam investimentos que consomem todos os recursos do setor e que deveriam ser empregados em outros”, afirmou.

A atualização legal, porém, exige o convencimento parlamentar de que a medida constitui um projeto de interesse do Estado. “A gente tenta interlocuções com Senado, com a Câmara e o Senado, que são boas, necessárias, mas não são suficientes. A gente tem que ter ao nosso lado o governo. Tem que ser um projeto de Estado”, disse Camilla Tápias.

“E por tanto o governo aqui agora tem que nos apoiar. E governo quero dizer Ministério e Anatel. Esses dois agentes são fundamentais para que a gente tenha a credibilidade necessária em relação ao projeto de lei 79/16. Para que senadores e deputados e senadores acreditem que esse é realmente um projeto de país. Um projeto que não apenas vai transformar as comunicações, mas trazer desenvolvimento para o país.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.

Unifique compra provedor Internet em Santa Catarina

Aquisição faz parte da estratégia da Telecom catarinense de ampliar sua área de expansão e conquistar 1 milhão de residências até 2025. Unifique, hoje, atende a 116 municípios do Estado de Santa Catarina.

Anatel tem quatro vagas para comitê de defesa dos usuários

São três vagas para representantes de usuários ou entidades de defesa do consumidor, além de uma para representante de entidades de classe de prestadoras de serviços de telecomunicações.

Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

Em comunicado, a fabricante chinesa diz que o aporte de US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões) acontecerá a partir de 2020 e engloba diversas iniciativas desde o suporte para a capacitação profissional de jovens em TICs até a manufatura de celulares 5G.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G