TELECOM

Oi e Claro afirmam que Brasil não deve aderir à guerra dos EUA contra a Huawei

Luís Osvaldo Grossmann ... 21/05/2019 ... Convergência Digital

Na guerra comercial pela supremacia no 5G, o Brasil precisa pensar nos seus interesses e não aderir ao bloqueio americano aos equipamentos de rede chineses, que miram especialmente a Huawei. Como defenderam os presidentes da Claro, José Félix, e da Oi, Eurico Teles, ao participarem de debate no Painel Telebrasil 2019 nesta terça, 21/5, o setor de telecom no país viveria um “inferno” se o governo brasileiro decidir adotar mais esse alinhamento à politica dos Estados Unidos.

“Vou ser muito claro, acho inimaginável para um país pobre como o nosso, onde se fez investimento com tanta dificuldade, e ainda tanto tem para fazer, que se pense em substituição de rede de um fabricante importante e de ponta no negócio de tecnologia no mundo. Essa não é uma conversa para nós. Isso é para os Estados Unidos, para o Reino Unido, para o Japão. Deixa eles lá e nós ficamos quietos aqui”, disparou o presidente da Claro.

“O importante é atender bem os clientes. Não acreditamos que tenha uma decisão de governo, até pelos investimentos já feitos com a Huawei. Além disso iríamos privar uma população muito grande. Tecnologia não tem pátria. Não deve ter impedimento para isso”, emendou o presidente da Oi, Eurico Teles.

Na mais recente medida dessa guerra comercial, o governo de Donald Trump decidiu incluir a Huawei na lista de empresas proibidas de adquirirem componentes tecnológicos desenvolvidos nos EUA. Antes, já decidira banir a fabricante chinesa de fornecer equipamentos de rede para o 5G no país, além de pressionar aliados a fazerem o mesmo.

Para José Félix, aderir ao veto teria impacto não apenas no futuro, mas nas próprias redes legadas, uma vez que a Huawei tem sido uma das fornecedoras constantes no Brasil. “A gente compra da Nokia, da Ericsson e compra da Huawei”, insistiu o executivo.

“No Brasil a gente vive o 4,5G, temos boa parte da rede já em 4,5 G e essa rede tem velocidades maiores que as redes convencionais. Portanto, já fizemos e estamos fazendo investimento. E fizemos investimento na Huawei. Então toda essa rede de 2G, 3G, 4G e 4,5G tem Huawei lá dentro. Seria um verdadeiro inferno para os operadores se o governo resolvesse adotar qualquer ideia de mexer nisso. O Brasil vai se meter nisso? Não faz o menor sentido”, completou o executivo.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.

Unifique compra provedor Internet em Santa Catarina

Aquisição faz parte da estratégia da Telecom catarinense de ampliar sua área de expansão e conquistar 1 milhão de residências até 2025. Unifique, hoje, atende a 116 municípios do Estado de Santa Catarina.

Anatel tem quatro vagas para comitê de defesa dos usuários

São três vagas para representantes de usuários ou entidades de defesa do consumidor, além de uma para representante de entidades de classe de prestadoras de serviços de telecomunicações.

Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

Em comunicado, a fabricante chinesa diz que o aporte de US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões) acontecerá a partir de 2020 e engloba diversas iniciativas desde o suporte para a capacitação profissional de jovens em TICs até a manufatura de celulares 5G.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G